Como instalar o cliente Skype no Linux via Snap/Flatpak

Veja como instalar o Skype no Linux via Snap/Flatpak e use esse mensageiro no seu sistema!

Se você quer usar Skype em sua distribuição e não achou pacotes para ele, veja como instalar o Skype no Linux via Snap/Flatpak.


Skype é o de mensagens e vídeo chamadas da Microsoft. O programa já possui versões para Linux, porém, apenas em formato DEB/RPM (e também Flatpak).
Como instalar o cliente Skype no Linux via Snap/Flatpak
Como instalar o cliente Skype no Linux via Snap/Flatpak

A boa notícia é que o Skype para Linux agora está disponível como snap, o formato universal de empacotamento de aplicativos para Linux, com fácil instalação e atualizações automáticas.

Com o suporte a Snap, o Skype pode ser facilmente instalado no Linux Mint, Manjaro, Debian, Arch Linux, OpenSuSE, Solus e Ubuntu (dentre outras distros com suporte a Snap) e, além disso, os usuários podem receber atualizações automáticas, sempre que novas versões estiverem prontas.

Como instalar o cliente Skype no Linux via Snap/Flatpak

Normalmente, para instalar o Skype no Linux Ubuntu, Debian, Fedora e derivados, você só precisa acessar essa página, escolher e baixar o pacote para seu sistema (DEB ou RPM) e clicar nele, para que o de pacote de sua distro faça a instalação.

Mas se você prefere usar a linha de comando, siga os passos desses outros tutoriais.
Como instalar a nova versão do Skype no Linux Ubuntu, Debian, Fedora e derivados
Como instalar a versão mais recente do Skype no Linux via repositório

Agora, se você quiser instalar o Skype em distribuições que suportam os formatos Snap e Flatpak, e receber as futuras atualizações dele, siga um dos procedimentos abaixo.

Como instalar a versão mais recente do Skype no Linux em distros que suportam Snap

Para instalar a versão mais recente do Skype no Linux em distros que suportam Snap, você deve fazer o seguinte:

Para instalar o Skype no Linux via Snap você precisa ter o suporte a essa tecnologia instalado em seu sistema. Se não tiver, use o tutorial abaixo para instalar:

Como instalar o suporte a pacotes Snap no Linux

Depois, você pode instalar o Skype no Linux via Snap, fazendo o seguinte:

Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Instale o programa, usando esse comando:

snap install skype --classic

Passo 3. Mais tarde, se você precisar atualizar o programa, use:

sudo snap refresh skype --classic

Passo 4. Depois, se for necessário, desinstale o programa, usando o comando abaixo;

sudo snap remove skype --classic

Como instalar o Skype no Linux via Flatpak

Para instalar o Skype no Linux via Flatpak você precisa ter o suporte a essa tecnologia instalado em seu sistema. Se não tiver, use o tutorial abaixo para instalar:

Como instalar o suporte a Flatpak no Linux

Depois, você pode instalar o Skype no Linux via Flatpak, fazendo o seguinte:

Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Use o comando abaixo para instalar o programa via Flatpak. Tenha paciência, pois muitas vezes pode demorar vários minutos para que o Flatpak faça o download de tudo o que precisa;

flatpak install --from https://flathub.org/repo/appstream/com.skype.Client.flatpakref

Passo 3. Para atualizar o programa, quando uma versão estiver disponível, execute o comando:

flatpak --user update com.skype.Client

Passo 4. E se precisar desinstalar o programa, execute o seguinte comando no terminal:

flatpak --user uninstall com.skype.Client

Ou

flatpak uninstall com.skype.Client

Quando quiser iniciar o programa, digite flatpak run com.skype.Client em um terminal.

Você também pode tentar iniciar o programa no menu Aplicativos/Dash/Atividades ou qualquer outro lançador de aplicativos da sua distro, ou digite skype ou em um terminal, seguido da tecla TAB.

O que está sendo falado no blog

Ajude a manter o Blog do Edivaldo - Faça uma doação

Se você gosta do conteúdo do Blog, você pode ajudar a manter o site simplesmente fazendo uma doação única, esporádica ou mensal, usando uma das opções abaixo:

Doação usando Paypal

Doação usando PagSeguro
Outras formas de ajudar a manter o Blog do Edivaldo



blog comments powered by Disqus