Lançadas SparkyLinux 5.4 GameOver, Multimedia e Rescue Edition

Confira os detalhes do lançamento do SparkyLinux 5.4 GameOver, Multimedia e Rescue Editione descubra onde baixar a distro!

O lançamento do sistema operacional SparkyLinux 5.4 Nibiru baseado no Debian continua com a chegada de mais três edições especiais: SparkyLinux 5.4 GameOver, Multimedia e Rescue Edition. Confira os detalhes desse lançamento e descubra onde baixar a distro.


SparkyLinux é uma distribuição release (atualização continua) leve, rápida e simples, baseada no Debian testing.
Lançadas SparkyLinux 5.4 GameOver, Multimedia e Rescue Edition
Lançadas SparkyLinux 5.4 GameOver, Multimedia e Rescue Edition

Essa distro foi iniciada em outubro de 2011 como um remix do Ubuntu com o Enlightenment como a área de trabalho padrão com o nome ue17r (Ubuntu Enlightenment17 Remix).

Após alguns meses de teste, o sistema base foi alterado para Debian e foi renomeado para SparkyLinux.

Baseada no ramo de “teste” do Debian, esse sistema usa um “ciclo de lançamento contínuo” (rolling-release) e inclui uma coleção de ferramentas e scripts para facilitar a administração do sistema para seus usuários.

Novidades do SparkyLinux 5.4 GameOver, Multimedia e Rescue Edition

Lançado na semana passada, mais exatamente no dia 11 de junho de 2018, o sistema operacional SparkyLinux 5.4 “Nibiru” estava disponível apenas como edições LXQt, MinimalGUI e MinimalCLI.

Hoje, o projeto lança mais três edições: GameOver, Multimedia e Rescue:

“Novas de live/Install de edições especiais do SparkyLinux 5.4 Nibiru: GameOver, Multimedia e Rescue foram lançadas. Sparky 5 segue o modelo de lançamento e é baseado no ramo de testes Debian Buster.”

Assim como as edições anteriores, estas três novas edições especiais do SparkyLinux 5.4 também são baseadas no ramo Debian Testing, que, com o tempo, se tornará a série do sistema operacional Debian 10 Buster, prevista para chegar em meados de 2019.

Destinado a gamers, o SparkyLinux 5.4 GameOver Edition apresenta uma ampla seleção de jogos pré-instalados, juntamente com ferramentas e scripts úteis.

Já o SparkyLinux 5.4 Multimedia Edition traz uma grande coleção de ferramentas para criação de vídeo, áudio e gráficos.

Por outro lado, o SparkyLinux 5.4 Rescue Edition é a melhor ferramenta que um administrador de sistema pode ter, pois contém várias ferramentas para gerenciar sistemas operacionais e unidades de disco, escaneando e corrigindo arquivos ou partições quebradas.

Todas as três edições incluem todas as mais recentes atualizações de segurança e software dos repositórios do Debian Testing em 17 de junho de 2018, são alimentadas pelo kernel do Linux 4.16.12 (enquanto o Linux 4.17.2 e 4.18 RC1 está no repositório instável), e usam o Calamares 3.1.12 instalador gráfico.

O restante das alterações são idênticas às edições SparkyLinux 5.4 LXQt, MinimalGUI e MinimalCLI.

Para saber mais sobre essa versão da distribuição, acesse a nota de lançamento.

Baixe e experimente o SparkyLinux 5.4 GameOver, Multimedia e Rescue

As imagens ISO do SparkyLinux 5.4 GameOver, Multimedia e Rescue Edition já pode ser baixada acessando a página de download da distribuição.

Verifique se a imagem ISO está corrompida

Antes de gravar a imagem ISO que você baixou, verifique se ela está corrompida usando o tutorial abaixo:
Como verificar se uma imagem ISO está corrompida

Como gravar uma imagem ISO no Linux

Quem precisar gravar a imagem ISO após o download, pode usar esse tutorial do blog:
Como gravar uma imagem ISO Usando o Nautilus
Como gravar uma imagem ISO usando o Terminal
Como criar um pendrive de instalação
Como criar um pendrive inicializável com GNOME Disks
Como criar um pendrive inicializável com o Etcher no Linux

O que está sendo falado no blog

Ajude a manter o Blog do Edivaldo - Faça uma doação

Se você gosta do conteúdo do Blog, você pode ajudar a manter o site simplesmente fazendo uma doação única, esporádica ou mensal, usando uma das opções abaixo:

Doação usando Paypal

Doação usando PagSeguro
Outras formas de ajudar a manter o Blog do Edivaldo



blog comments powered by Disqus