Ubuntu está adicionando suporte a LRAM com compactação LZ4

Confira os detalhes do anuncio de que o Ubuntu está adicionando suporte a LRAM com compactação LZ4 a inicialização de seus sistemas!

O Ubuntu está adicionando suporte a LRAM com compactação LZ4 a inicialização de seus sistemas. Confira os detalhes e outras novidades.


Em março, Balint Reczey, Software Engineer da Ubuntu Foundations da Canonical, propôs a implementação da compressão LZ4 para a ramdisk inicial do Ubuntu () em vez da , mais antiga e que é usada em versões anteriores do sistema operacional.
Ubuntu e Debian estão adicionando suporte a LRAM com compactação LZ4
Ubuntu e Debian estão adicionando suporte a LRAM com compactação LZ4

Isso abriu a discussão sobre o Ubuntu 18.10 usar uma imagem de kernel compactada por LZ4, por padrão.

Ubuntu e Debian estão adicionando suporte a LRAM com compactação LZ4

Agora, foi tomada uma ação nesse suporte e pode estar surgindo um novo padrão.

Com os pacotes mais recentes do Ubuntu e do Debian, a compactação do initramfs usando o LZ4 já é suportada.

Como dito antes, o Ubuntu até este momento tem usado o suporte básico à compressão Gzip.

O LZ4 é um algoritmo de compressão de dados sem perdas que oferece velocidade de compressão e descompressão extremamente rápida.

O benefício de usar uma imagem compactada com LZ4 é uma descompressão muito mais rápida do que os algoritmos alternativos, porém, isso também resulta em um tamanho de arquivo um pouco maior.

Uma prova disso é que durante alguns testes iniciais em um laptop antigo, o desenvolvedor informou que o tempo de extração do initramfs diminuiu de aproximadamente 1,2 segundos para cerca de 0,24 segundos.

A criação dos initramfs também recebeu um aumento de velocidade de 2-3 segundos, diminuindo de aproximadamente 24 segundos para cerca de 21 segundos, apesar dos arquivos initramfs serem um pouco maiores.

Assim, como o LZ4 agora é suportado, e dependendo do tamanho da partição, ela pode não ser a opção mais adequada, o plano de desenvolvedores do Ubuntu será usar alguma determinação automática de qual compressão escolher para um determinado sistema.

Nos sistemas que possuem uma partição de inicialização pequena ou sistemas embarcados, o padrão “auto” usaria a compactação XZ nesses sistemas pequenos, devido à maior taxa de compactação de arquivos.

Mas se não houver restrições de partição de inicialização, o LZ4 será usado, já que é a opção mais rápida.

Finalmente, a mudança dos padrões deve estar pronta a tempo para a versão de outubro do Ubuntu 18.10.

E você? O que acha dessa ? Deixe sua opinião nos comentários!

O que está sendo falado no blog

Ajude a manter o Blog do Edivaldo - Faça uma doação

Se você gosta do conteúdo do Blog, você pode ajudar a manter o site simplesmente fazendo uma doação única, esporádica ou mensal, usando uma das opções abaixo:

Doação usando Paypal

Doação usando PagSeguro
Outras formas de ajudar a manter o Blog do Edivaldo