Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

Thunar 4.17 lançado com visualização dividida, tempos de criação de arquivo e muito mais

Alexander Schwinn anunciou o lançamento do Thunar 4.17 com visualização dividida e muito mais. Confira as novidades e veja onde baixar para testar.

Thunar é um gerenciador de arquivos que integra o ambiente gráfico Xfce. É um aplicativo que se destaca pela simplicidade e pela leveza na operação.

O nome desse gerenciador de arquivos deriva do deus da mitologia nórdica, Thor. Ele é desenvolvido por Benedikt Meurer e substituiu o antigo Xffm.

Agora, Alexander Schwinn anunciou o lançamento do Thunar 4.17, uma nova versão de desenvolvimento do gerenciador de arquivos padrão do Xfce que traz novos recursos e melhorias incríveis.

Novidades do Thunar 4.17

Thunar 4.17 lançado com visualização dividida, tempos de criação de arquivo e muito mais
Thunar 4.17 lançado com visualização dividida, tempos de criação de arquivo e muito mais

Thunar 4.17 está aqui como o primeiro marco para o próximo grande lançamento que fará parte do próximo ambiente de desktop Xfce 4.18, que agora está em desenvolvimento inicial.

Eu sei que muitos de vocês amam e usam o Thunar, então aqui está uma olhada nos principais novos recursos que estão chegando ao seu ambiente de desktop Xfce.

A grande notícia é que o Thunar agora finalmente apresenta uma visão dividida, permitindo que você use o gerenciador de arquivos como um explorador / comandante de arquivos de painel duplo.

Aposto que muitos de vocês esperavam por esse recurso, então aqui está e você poderá usá-lo em breve em seu desktop Xfce, com sorte ainda este ano.

Outros recursos tão esperados incluem a hora / data de criação do arquivo na coluna de exibição de lista, um menu de classificação unificado que também pode ser usado para a exibição detalhada, a capacidade de exibir todos os volumes disponíveis por padrão, a capacidade de sempre criar novos arquivos e pastas no diretório atual, bem como suporte para submenus para ações personalizadas.

Novas opções no Thunar 4.17 tornam possível esquecer a associação do gerenciador de arquivos com certos aplicativos, bem como desmarcar todos os arquivos.

Além disso, a nova versão vem com uma alternância em Preferências para permitir que o gerenciador de arquivos execute scripts de shell e uma ação que finalmente permite alternar a lista de arquivos em ordem crescente / decrescente.

O gerenciador de arquivos agora também oferece suporte para data de criação nas propriedades do arquivo, um sufixo – Thunar na barra de título, a capacidade de usar uma única categoria do menu principal em arquivos .desktop Thunar e um diálogo de progresso de operações de arquivo aprimorado.

Inúmeros bugs e regressões foram corrigidos adicionando suporte para abrir imagens WebP com outros aplicativos quando clicado com o botão direito, aumentando o tamanho mínimo do campo “texto” no renomeador em massa, adicionando suporte para selecionar o próximo arquivo após a exclusão, e para evitar uma falha quando usando Ctrl + H quando não há painel lateral.

Várias outras mudanças subjacentes foram feitas também para tornar o Thunar mais estável e confiável, e várias traduções de idiomas foram atualizadas.

Para saber mais sobre essa versão do Thunar, acesse o changelog.

Como instalar ou atualizar o Thunar

Se você quiser ter um gostinho desses novos recursos e melhorias, você pode baixar o tarball do código fonte do Thunar 4.17 aqui e compilá-lo em sua distribuição Linux.

Compartilhe:
Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.