Publique os tweets a partir da bandeja do sistema com o Tweet Tray

Quer tuitar sem precisar abrir um app? Publique os tweets a partir da bandeja do sistema com o Tweet Tray!

Se você quer tuitar sem precisar abrir um app, publique os tweets a partir da bandeja do sistema com o Tweet Tray. Conheça e veja como instalar.


O Twitter é a rede social a partir da qual podemos compartilhar nossos pensamentos usando suas mensagens características.
Publique os tweets a partir da bandeja do sistema com o Tweet Tray
Publique os tweets a partir da bandeja do sistema com o Tweet Tray

Esta rede social é caracterizada principalmente por ser muito mais simples de usar do que outras, como o Facebook. Além de ser muito mais rápido ao ler e postar mensagens.

No entanto, sempre há espaço para melhorias. E nesse ponto que o Tweet Tray entra para ajudar. Com esta aplicação, é possível publicar mensagens muito mais rapidamente.

Tweet Tray é um aplicativo gratuito projetado para nos permitir enviar tweets sem a necessidade de um navegador ou qualquer coisa semelhante.

Tweet Tray foi criado usando tecnologias multiplataformas como Electron, React e Redux. Ele também tem um mecanismo de JavaScript ES6.

Esta ferramenta funciona como uma aplicação normal, por isso permite um ícone na bandeja do sistema. De lá, poderemos enviar mensagens diretamente para o Twitter.

Como instalar o Tweet Tray no Linux via arquivo AppImage

Para instalar o Tweet Tray no Linux via arquivo AppImage, você deve fazer o seguinte:

Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Use o comando abaixo para baixar o programa. Se o link estiver desatualizado, acesse essa página, baixe a última versão e salve-o com o nome tweet-tray.appimage:

wget https://github.com/jonathontoon/tweet-tray/releases/download/v1.1.5/tweet-tray-1.1.5.AppImage -O tweet-tray.appimage

Passo 5. Dê permissão de execução para o arquivo baixado;

chmod +x tweet-tray.appimage

Passo 6. Agora instale o programa com o comando;

sudo ./tweet-tray.appimage

Passo 7. Quando você inicia o arquivo pela primeira vez, será perguntado se deseja integrar o programa com o sistema. Clique em “Yes” (Sim) se quiser integrá-lo ou clique em “No” (Não), se não quiser. Se você escolher Sim, o iniciador do programa será adicionado ao menu de aplicativos e ícones de instalação. Se você escolher “No”, sempre terá que iniciá-lo clicando duas vezes no arquivo AppImage.

Como instalar o Tweet Tray no Linux Ubuntu, Debian e derivados

Quem quiser instalar o Tweet Tray no Linux Ubuntu, Debian e outros sistemas que suportam arquivos .deb, deve fazer o seguinte:

Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Use o comando abaixo para baixar o programa. Se o link estiver desatualizado, acesse essa página, baixe a última versão e salve-o com o nome tweet-tray.deb:

wget https://github.com/jonathontoon/tweet-tray/releases/download/v1.1.5/tweet-tray-1.1.5.deb -O tweet-tray.deb

Passo 3. Agora instale o programa com os comandos abaixo:

sudo dpkg -i tweet-tray.deb
sudo apt-get install -f

Passo 4. Se preferir, use o comando abaixo para instalar o programa;

sudo apt install ./tweet-tray.deb

Passo 5. Depois, se precisar desinstalar o programa, use esse comando:

sudo apt-get remove tweet-tray*

Executando e autorizando Tweet Tray no Linux

Pronto! Agora, você pode iniciar o programa no menu Aplicativos/Dash/Atividades ou qualquer outro lançador de aplicativos da sua distro, ou digite tweet ou em um terminal, seguido da tecla TAB.

Clique no ícone de pena na bandeja do sistema do ambiente de área de trabalho para fazer login e autorizar a Bandeja de Tweet com sua conta do Twitter (tudo através da plataforma de autenticação segura do Twitter).

Publique os tweets a partir da bandeja do sistema com o Tweet Tray

O que está sendo falado no blog

Ajude a manter o Blog do Edivaldo - Faça uma doação

Se você gosta do conteúdo do Blog, você pode ajudar a manter o site simplesmente fazendo uma doação única, esporádica ou mensal, usando uma das opções abaixo:

Doação usando Paypal

Doação usando PagSeguro
Outras formas de ajudar a manter o Blog do Edivaldo


blog comments powered by Disqus