Ubuntu 19.04 lançado – Confira as novidades e baixe

Conheça as novidades do Ubuntu 19.04 e descubra onde baixar a distro!

Seguindo o cronograma estabelecido, finalmente está disponível a versão estável do Ubuntu 19.04 e derivados oficiais. Conheça as novidades e descubra onde baixar a distro.

O Ubuntu é um sistema operacional Linux completo para desktop, disponível gratuitamente com suporte tanto da comunidade quanto profissional.

Ubuntu 19.04 lançado - Confira as novidades e baixe
Ubuntu 19.04 lançado – Confira as novidades e baixe

A comunidade Ubuntu é construída com base nas ideias do Manifesto do Ubuntu: que o software deve estar disponível gratuitamente, que as ferramentas de software devem ser usadas por pessoas em seu idioma local e apesar de qualquer deficiência, e que as pessoas devem ter liberdade para personalizar e altere seu software da maneira que achar melhor.

A lançou hoje o Ubuntu 19.04 (Disco Dingo), a versão mais recente de um dos mais populares sistemas operacionais baseados em Linux do mundo, incorporando as mais novas tecnologias GNU/Linux e o mais recente softwares de código aberto.

O Ubuntu 19.04 é uma ramificação de curta duração do sistema operacional Ubuntu Linux, suportado pela Canonical com atualizações de software e segurança por nove meses, até janeiro de 2020.

Ele será suportado em arquiteturas de hardware de 4 bits (amd64) para todos os tipos, exceto o Ubuntu Server, que também é suportado em arquiteturas ARM64 (AArch64), IBM System z (s390x), PPC64el (Power PC 4 bits Little Endian) e Raspberry Pi 2/ARMhf.

Sendo o 30º lançamento do sistema operacional Ubuntu Linux, o Ubuntu 19.04 é apelidado de Disco Dingo, porque é um lançamento divertido que consiste em componentes atualizados.

É um lançamento para o usuário avançado do Ubuntu que quer ter o mais recente software e tecnologias GNU/Linux em seu computador pessoal.

Esta versão esteve em desenvolvimento nos últimos seis meses e é a atualização óbvia para o lançamento do Ubuntu 18.10 (Cosmic Cuttlefish) do ano passado.

É claro que os usuários também podem atualizar a partir do Ubuntu 18.04 LTS (Bionic Beaver) ou de uma versão anterior do LTS, mas não é recomendável fazê-lo devido à curta duração.

Sobre esse lançamento, Mark Shuttleworth, CEO da Canonical disse o seguinte:

“O movimento open-source do Ubuntu em telecomunicações, finanças e mídia se espalhou para outros setores. Da nuvem pública ao data center privado para o edge appliance ou cluster, o código aberto tornou-se a referência para eficiência e inovação. O Ubuntu 19.04 inclui os principais projetos para sustentar essa transição, e as ferramentas de desenvolvimento para acelerar os aplicativos para esses domínios.”

Mais sobre o Ubuntu 19.04

Dicas de coisas para fazer depois de instalar o Ubuntu 19.04
Como atualizar para o Ubuntu 19.04 na versão desktop
Como atualizar para o Ubuntu 19.04 via terminal (server e desktop)
Ubuntu 19.04 lançado – Confira as novidades e baixe
Xubuntu 19.04 fornece uma experiência de desktop Xfce leve e atualizada
Ubuntu MATE 19.04 lançado – Confira as novidades e baixe
Lubuntu 19.04 lançado – Confira as novidades e baixe
Kubuntu 19.04 lançado – Confira as novidades e baixe
Ubuntu Budgie 19.04 lançado – Confira as novidades e baixe
Ubuntu Studio 19.04 lançado – Confira as novidades e baixe
Pop!_OS 19.04 lançado – Confira as novidades e baixe
Ubuntu Kylin 19.04 lançado – Confira as novidades e baixe

Novidades do Ubuntu 19.04

Provavelmente, o recurso mais importante do Ubuntu 19.04 (Disco Dingo) é o fato de que ele é fornecido com a mais recente série de kernel Linux 5.0, que permite suporte a componentes de hardware recentes como GPUs AMD Radeon RX Vega M, Raspberry Pi 3 Model B+, Qualcomm Snapdragon 845 SoC, bem como gráficos Intel Cannon Lake.

O kernel Linux 5.0 também adiciona melhorias significativas de economia de energia e USB 3.2 e Type-C, juntamente com suporte a KVM para AMD Secure Encrypted Virtualization, suporte ao driver P-State para servidores Skylake X, suporte a chaves de proteção de memória em arquiteturas POWER e suporte zcrypt em sistemas IBM Z.

Outra característica fundamental do lançamento do Disco Dingo é o mais recente ambiente de desktop GNOME 3.32, que traz animações de inicialização mais suaves, maiores taxas de quadros, menor carga de CPU e GPU, dimensionamento fracionário para telas HiDPI/4K no X.Org Server e Sessões Wayland, bem como desktop integrado com VMWare para transferência bidirecional e compartilhamento de arquivos.

Outras alterações dignas de nota incluem um novo tema de ícones, um tema Yaru padrão aprimorado, nova opção Modo Gráfico Seguro no menu de inicialização para iniciar o sistema com o parâmetro “NOMODESET” ativado em sistemas com placas gráficas sem suporte, para que você possa instalar os drivers apropriados e vários refinamentos de desktop para tornar sua experiência Ubuntu mais agradável.

Sob o capô, o Ubuntu 19.04 embala o mais recente GCC (GNU Compiler Collection) 8.3 como compilador padrão do sistema, junto com uma versão opcional do GCC 9, Python 3.7.3 como implementação padrão do Python, 11 como implementação padrão do Runtime, bem como Glibc 2.29, Boost 1.67, Perl 5.28.1, Ruby 2.5.5, Golang 1.10.4, PHP 7.2.15 e rustc 1.31.

Notas do Ubuntu 19.04

Para mais detalhes, dê uma olhada nas notas de lançamento abaixo (algumas ainda estão sendo atualizadas):

Baixe e experimente o Ubuntu 19.04

Embora não encoraje os leitores a atualizar uma versão LTS do Ubuntu para uma versão não LTS, você poderá fazê-lo se quiser usar as tecnologias mais recentes.

Se você quiser atualizar seus sistemas, use um dos procedimentos abaixo:

Como atualizar para o Ubuntu 19.04 via terminal (server e desktop)

E se for instalar do zero, use os links abaixo para baixar a imagem ISO do sistema (os links ainda estão sendo atualizados):

Se você quiser usar o Unity, siga os passos desse tutorial:

Como instalar o ambiente Unity no Ubuntu 19.04 e derivados

Verifique se a imagem ISO está corrompida

Antes de gravar a imagem ISO que você baixou, verifique se ela está corrompida usando o tutorial abaixo:
Como verificar se uma imagem ISO está corrompida

Como gravar uma imagem ISO no Linux

Quem precisar gravar a imagem ISO após o download, pode usar esse tutorial do blog:
Como gravar uma imagem ISO Usando o Nautilus
Como gravar uma imagem ISO usando o Terminal
Como criar um pendrive de instalação
Como criar um pendrive inicializável com GNOME Disks
Como criar um pendrive inicializável com o Etcher no Linux

O que está sendo falado no blog

Veja mais artigos publicados neste dia…

Ajude a manter o Blog do Edivaldo - Faça uma doação

Se você gosta do conteúdo do Blog, você pode ajudar a manter o site simplesmente fazendo uma doação única, esporádica ou mensal, usando uma das opções abaixo:

Doação usando Paypal

Doação usando PagSeguro
Outras formas de ajudar a manter o Blog do Edivaldo