Resultado da coleta de dados: Ubuntu é usado em todo o mundo

A Canonical revelou as métricas iniciais de desktop, e adivinha? o Ubuntu é usado em todo o mundo!

É isso mesmo, o Ubuntu é usado em todo o mundo. A Canonical revelou as métricas iniciais de desktop coletadas dos usuários do Ubuntu 18.04 LTS desde o lançamento do sistema operacional em abril de 2018 e esse foi o maior destaque do relatório.


Durante o ciclo de do Ubuntu 18.04 LTS (Bionic Beaver), a Canonical anunciou que haveria uma ferramenta opcional de coleta de dados pessoais e de SO implementada no sistema operacional para ajudá-los a melhorar o Ubuntu.
Resultado da coleta de dados: Ubuntu é usado em todo o mundo
Resultado da coleta de dados: Ubuntu é usado em todo o mundo

Mais tarde, mais perto da versão final, foi revelado que a ferramenta de coleta de dados foi implementada em uma nova tela de boas-vindas, que seria exibida apenas uma vez após a primeira inicialização.

Os dados coletados pela Canonical para melhorar o seu sistema operacional continham informações sobre o sabor e a versão do Ubuntu, configurações dos usuários, software instalado, conectividade de rede, fabricante OEM, família de CPU, RAM, tamanho do disco, resolução de tela, fornecedor e modelo da GPU, bem como a localização dos usuários com base nas opções escolhidas durante a instalação.

Resultado da coleta de dados: Ubuntu é usado em todo o mundo

Segundo a empresa, isso ajudaria a entender melhor as necessidades de seus usuários e suas configurações de hardware, para tornar o Ubuntu mais rápido e melhor suportado.

Resultado da coleta de dados: Ubuntu é usado em todo o mundo

A Canonical disse que os dados coletados serão divulgados em algum momento, e no último dia 22/06, a empresa revelou as primeiras métricas de desktop para seu sistema operacional Ubuntu 18.04 LTS (Bionic Beaver), que de acordo com os dados, está sendo usado em todo o mundo.

Sobre os dados, Will Cooke, diretor do Ubuntu Desktop, disse o seguinte:

“Esses dados são baseados no fuso horário selecionado na instalação e não na geocodificação do endereço IP. Não armazenamos o endereço IP. Os EUA têm a maior concentração, mas isso pode ser distorcido pelas pessoas que usam os padrões durante a instalação. Brasil, Índia China e Rússia também são grandes usuários do Ubuntu e nós temos usuários literalmente em todo o mundo, em todos os países.”

Os dados coletados pela Canonical até o momento, durante os últimos dois meses, daqueles que instalaram o Ubuntu 18.04 LTS (Bionic Beaver) em seus computadores, revelaram vários outros fatos interessantes, como a informação de que a instalação média do Ubuntu Desktop leva cerca de 18 minutos, que um quarto dos usuários O Ubuntu 18.04 LTS escolhe atualizar de uma versão anterior, e que 15% dos usuários usam a recém-introduzida instalação mínima.

Resultado da coleta de dados: Ubuntu é usado em todo o mundo

No que diz respeito às configurações de hardware, a maioria dos usuários usa o Ubuntu 18.04 LTS em um computador com uma única CPU (embora informações sobre núcleos de CPU ainda não tenham sido reveladas), 4 GB ou 8 GB de RAM e uma tela Full HD (1080p).

Além disso, parece que a maioria dos usuários limpa seus discos e reinstale o Ubuntu do zero, baixa as atualizações durante a instalação e instala os add-ons restritos.

Resultado da coleta de dados: Ubuntu é usado em todo o mundo

A Canonical disse que todas essas informações coletadas dos usuários do Ubuntu permanecem anônimas e que planejam implementá-las em um site público que será revelado nos próximos meses durante o ciclo de desenvolvimento do Ubuntu 18.10 (Cosmic Cuttlefish), que está agendado para ser lançado em 18 de outubro de 2018.

Para mais informações, confira a página Github do Ubuntu Report.

O que você achou dessas informações? Você concorda com essa coleta de dados? Deixe sua opinião nos comentários.

O que está sendo falado no blog




blog comments powered by Disqus