Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

Ubuntu Studio 20.10 lançado com o KDE Plasma 5.19.5 e muito mais

Dando continuidade a série 20.10, o Ubuntu Studio 20.10 foi lançado com o KDE Plasma 5.19.5 e muito mais. Confira as novidades e descubra onde baixar a distro.

O Ubuntu Studio é uma variante do Ubuntu voltada para os entusiastas de áudio, vídeo e gráficos do Linux e também para os profissionais, pois essa distribuição fornece uma coleção de aplicativos de código aberto disponíveis para criação de multimídia.

Obviamente, o que torna essa distribuição especial é que ela inclui, por padrão, muitos softwares para criadores de conteúdo.

Agora, Ubuntu Studio 20.10 foi lançado com componentes atualizados e vários novos recursos, como parte dos lançamentos da série de sistemas operacionais Ubuntu 20.10.

Novidades do Ubuntu Studio 20.10

Ubuntu Studio 20.10 lançado com o KDE Plasma 5.19.5 e muito mais
Ubuntu Studio 20.10 lançado com o KDE Plasma 5.19.5 e muito mais

A maior novidade é a mudança do ambiente de desktop para o KDE Plasma.

Sim. Esta versão muda nos ambientes de desktop, migrando do Xfce para o uso do KDE Plasma como interface de usuário padrão.

“Estamos entusiasmados por fazer parte da comunidade KDE com essa mudança e recebemos as calorosas boas-vindas que recebemos.”

Os desenvolvedores acreditam que isso proporcionará uma experiência mais coesa e integrada para muitos dos aplicativos que incluímos por padrão. Eles até descreveram anteriormente o raciocínio para essa mudança como parte de nosso anúncio de lançamento do 20.04 LTS.

Esta versão inclui o Plasma 5.19.5. Se você gostaria de uma versão mais recente, o Kubuntu Backports PPA pode incluir uma nova versão do Plasma quando estiver pronto.

Você notará que nosso tema e layout do Plasma se parecem muito com o tema do Xfce. (Spoiler: é o mesmo tema e layout!) ”

O Ubuntu Studio Controls foi dividido em um projeto independente chamado Studio Controls. Ele contém muitas das mesmas funcionalidades, mas também está disponível em muitos mais projetos do que o Ubuntu Studio.

Studio Controls continua a ser a maneira mais fácil e direta de configurar o Jack Audio Connection Kit e fornecer acesso fácil a ferramentas para ajudá-lo a usá-lo.

Nessa atualização está incluido a última versão do Ardour, a 6.3. Esta versão tem muitos recursos novos descritos no site do Ardour, mas contém um caviat:

Os projetos importados do Ardour 5.x são alterados permanentemente para o novo formato. Assim, os plug-ins, se não estiverem instalados, não serão detectados e resultarão em um plug-in “stub”.

Além disso, o Ardour 6 inclui um novo processador de sinal digital, o que significa que os projetos podem não parecer iguais. Se você não precisa da nova funcionalidade do Ardour 6, não atualize para o Ubuntu Studio 20.10.

Também foram adicionamos vários novos plug-ins de áudio neste ciclo, mais notavelmente: Add64, Geonkick, Dragonfly Reverb, Bsequencer, Bslizr, Bchoppr, Carla foi atualizado para a versão 2.2.

Incluído neste ciclo está o OBS Studio 26.0.2, que inclui vários novos recursos e adições. Sim. O OBS Studio também está nesse update e foi elogiado por muitos.

Segundo o projeto, objetivo é tornar o sistema a escolha número 1 para streaming e gravação ao vivo, e eles esperamo que incluir o OBS Studio pronto para uso ajude a introduzir isso.

Com a disponibilidade de jogos no Steam, que roda nativo no Ubuntu Studio e é facilmente instalado, e com o desenvolvimento do Steam de jogos Proton para Windows, eles acreditam que os streamers de jogos e outros streamers no Youtube, Facebook e Twitch se beneficiariam de um sistema operacional tão completo que economizaria tempo e dinheiro.

Para aqueles que desejam usar o poder de processamento de áudio avançado do JACK com OBS Studio, o OBS Studio é JACK-aware!

Esta versão traz o o Kdenlive 20.08.1, que inclui vários novos recursos que foram descritos em seu site e é o editor de vídeo padrão por vários motivos. A maior delas é que é o editor de vídeo mais profissional incluído nos repositórios do Ubuntu, mas também se integra muito bem com o desktop Plasma..

Os artistas ficarão contentes em ver o Krita atualizado para a versão 4.3. Embora este possa não ser o lançamento mais recente, ele inclui uma série de novos recursos em relação ao incluído no Ubuntu Studio 20.04.

Para fotógrafos, você ficará feliz em ver Darktable 3.2.1 incluído por padrão. Além disso, Darktable foi escolhido como nossa plataforma de processamento de imagens RAW padrão.

Com Darktable 3.2 vêm algumas mudanças importantes, como uma revisão da Lighttable, uma nova linha de comparação de instantâneos, dicas de ferramentas aprimoradas e muito mais.

E pela primeira vez no Ubuntu Studio, está sendo incluido o aplicativo KDE Digikam por padrão. Digikam é a mais avançada ferramenta de edição e catalogação de fotos em código aberto e inclui uma série de recursos principais que se integram bem à área de trabalho do Plasma.

A versão que vem por padrão é a versão 6.4.0, que infelizmente, não é a versão mais recente, por isso eles incluíram Digikam 7.1.0 no Ubuntu Studio Backports PPA.

Para saber mais sobre essa versão da distribuição, acesse a nota de lançamento.

Baixe e experimente o Ubuntu Studio 20.10

A nova versão agora é oficial, o que significa que agora podemos baixar sua imagem ISO do servidor FTP da Canonical ou diretamente do site Ubuntu Studio.

A imagem ISO do Ubuntu Studio 20.10 já pode ser baixada acessando a página de download da distribuição.

Verifique se a imagem ISO está corrompida

Antes de gravar a imagem ISO que você baixou, verifique se ela está corrompida usando o tutorial abaixo:
Como verificar se uma imagem ISO está corrompida

Como gravar uma imagem ISO no Linux

Quem precisar gravar a imagem ISO após o download, pode usar esse tutorial do blog:

Como gravar uma imagem ISO Usando o Nautilus
Como gravar uma imagem ISO usando o Terminal
Como criar um pendrive de instalação
Como criar um pendrive inicializável com GNOME Disks
Como criar um pendrive inicializável com o Etcher no Linux

Compartilhe:
Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.