Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

Ubuntu Touch OTA-19 lançado com base no Ubuntu 16.04.7

E foi lançado o Ubuntu Touch OTA-19 com base no Ubuntu 16.04.7, além de correções de bugs. Confira os detalhes desse update e veja como instalar.

Ubuntu Phone (Ubuntu Mobile OS ou Ubuntu Touch) é um sistema operacional para tablets e smartphones baseado no kernel do Linux, desenvolvido inicialmente pela Canonical.

Infelizmente, não muito tempo depois, a empresa anunciou que iria abandonar o desenvolvimento do sistema, e o pessoal do UBports se comprometeu em dar continuidade ao projeto.

Por conta disso, o projeto está continuamente desenvolvendo e liberando atualizações do sistema. Algo importante e que demostra bem o espirito colaborativo de um projeto comunitário de software livre.

Agora, a UBports Foundation lançou a atualização do software Ubuntu Touch OTA-19 para todos os telefones Ubuntu com suporte, trazendo várias melhorias e novos recursos.

Novidades do Ubuntu Touch OTA-19

Ubuntu Touch OTA-19 lançado com base no Ubuntu 16.04.7
Ubuntu Touch OTA-19 lançado com base no Ubuntu 16.04.7

Ubuntu Touch OTA-18 ainda é baseada no Ubuntu 16.04.

No lado do framework do aplicativo, ele traz algumas pequenas melhorias: o framework 16.04.7 foi adicionadO.

E os pacotes qml-module-qtwebview e libqt5webview5-dev também foram adicionados, permitindo aos desenvolvedores empacotar o QtWebEngine. Isso foi solicitado para compatibilidade do aplicativo com outras plataformas que não oferecem acesso direto ao QtWebEngine.

Dispositivos Halium 7.1 e 5.1 agora têm acesso a giroscópio e sensores de campo magnético. Também está disponível uma implementação aproximada de uma bússola, embora atualmente ainda seja muito errática. O projeto afirma que melhorias para esses sensores calculados são bem-vindas!

Observe que os dispositivos Halium 9 e 10 usam sensorfw em vez de nossa plataforma-API legada e, portanto, já têm suporte para pelo menos o giroscópio. Por algumas razões, embora o sensor de campo magnético não esteja exposto corretamente. E eles tantarão resolver isso em breve.

No aplicativo de mensagens, o teclado não aparecerá mais automaticamente, permitindo uma forma mais focada de ler as mensagens recebidas quando não se deseja responder imediatamente.

Ubuntu Touch OTA-19 também traz várias correções de bugs, que podem ser conferidas no anúncio de lançamento.

Como instalar

Uma lista de dispositivos suportados e opções de download pode ser encontrada na página Dispositivos do projeto.

Os usuários existentes do Ubuntu Touch no canal ‘stable’ (que é selecionado por padrão no UBports Installer) recebem a atualização OTA-17 através da tela Updates de System Settings.

Os dispositivos receberão a atualização aleatoriamente. Essa propagação é para nos dar tempo de interromper uma atualização ruim no futuro (caso isso se torne necessário), não para acomodar quaisquer restrições de largura de banda.

Se desejar receber a atualização imediatamente, ative o acesso ADB e emita o seguinte comando sobre ‘adb shell’:
sudo system-image-cli -v -p 0 --progress dots
Seu dispositivo irá baixar a atualização e instalá-la. Este processo pode demorar um pouco, dependendo da velocidade de download.

Já os novos usuários do Ubuntu Touch encontrarão instruções para instalar o Ubuntu Touch em seu dispositivo em devices.ubuntu-touch.io.

Novos usuários podem usar o instalador UBPorts Ubuntu Touch com dispositivos compatíveis. Observe que, embora o PinePhone e o PineTab sejam oficialmente compatíveis, eles são atualizados independentemente de outros dispositivos e não receberão uma única atualização chamada OTA-16. Mas eles devem obter atualizações de canal estáveis, incluindo muitos dos mesmos recursos em algum ponto.

Lembre-se de que, se ainda não estiver executando o Ubuntu Touch em seu telefone ou tablet, você precisará de uma das várias dezenas de dispositivos compatíveis para instalá-lo (a menos que você queira tentar transferi-lo para um novo dispositivo).

Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.