Como usar o secretíssimo gravador de tela do GNOME Shell

Quer gravar o que acontece na tela do seu PC, sem instalar qualquer tipo de aplicativo? Veja como usar o secretíssimo gravador de tela do GNOME Shell!

Se você quer o que acontece na do seu PC, instalar qualquer tipo de aplicativo, conheça e veja como usar o secretíssimo gravador de tela do GNOME Shell.


Você provavelmente já viu vídeos no YouTube em que as pessoas compartilham um screencast de seus desktops Linux, e talvez você queira se juntar à diversão. Bem, você pode, e nem precisar de ferramentas especiais ou aplicativos de gravação de tela separados para fazê-lo.
Como usar o secretíssimo gravador de tela do GNOME Shell
Como usar o secretíssimo gravador de tela do GNOME Shell

Sim, existe um gravador de tela embutido no Ubuntu (e outras distros). Ele é incluído como parte da área de trabalho do GNOME Shell e, está tão bem , que também está bem escondido.

Não há um inicializador de aplicativos para ele, nenhuma entrada de menu e nenhum botão rápido para ativá-lo ou desativá-lo.

Para acessar o gravador de tela do GNOME Shell, você precisa pressionar um atalho de teclado. Isso significa que, se você ainda não sabe, é provável que nunca saiba que ele está lá.

O gravador de tela do GNOME Shell oferece captura de tela simples e sem frescuras. Ele permite gravar sua área de trabalho na íntegra … E apenas isso.

Não é possível gravar uma janela ou seção específica da área de trabalho; não grava áudio; e não permitirá que você defina taxa de quadros, formato de codificação ou qualquer outro recurso.

Mas se tudo que você quer é criar uma captura de tela rápida para compartilhar online ou anexar a um relatório de bug (e não gosta de usar um aplicativo como o Peek), então essa é a ferramenta de screencast padrão é perfeita.

E a captura de tela da área de trabalho funciona de maneira simples no GNOME Shell no Ubuntu, Fedora e em outras distribuições do Linux que usam esse ambiente de área de trabalho.

Os Screencasts são salvos automaticamente na pasta Vídeos no formato WebM. O nome do arquivo de vídeo inclui a data e a hora em que a captura foi realizada, o que é útil se você fizer várias gravações sucessivas.

Como usar o secretíssimo gravador de tela do GNOME Shell

Para gravar sua tela desktop Ubuntu (e tudo o que aparece e acontece nela) e salvá-la como um vídeo, basta pressionar este atalho de teclado:

Ctrl + Alt + Shift + R

Com isso, a gravação começará instantaneamente.

Você saberá que uma gravação de tela está em andamento porque um pequeno ponto vermelho aparecerá na área da bandeja do sistema

Como usar o secretíssimo gravador de tela do GNOME Shell

A gravação para automaticamente após 30 segundos. Mas você pode parar de gravar a qualquer momento pressionando a commbinação de teclas de atalho do screencast novamente:

Ctrl + Alt + Shift + R

Ao fazer isso, um vídeo do seu screencast será salvo automaticamente na pasta Vídeos da sua pasta Home.

Aumentar a duração dos vídeos screencast

Com apenas 30 segundos de duração, a duração padrão do screencast usando esse método não é ideal, especialmente se você planeja fazer um vídeo demorado ou precisa demonstrar um fluxo de trabalho ou um recurso específico.

É possível aumentar a duração dos screencasts manualmente, modificando a seguinte string gsettings usando o aplicativo Terminal:

gsettings set org.gnome.settings-daemon.plugins.media-keys max-screencast-length 60

Substitua o valor “60” pelo comprimento desejado em segundos, por exemplo, 300 por 5 minutos, 600 por 10 minutos e assim por diante.

Se você definir o valor como ‘0’, não haverá limite de tempo.

Lembre-se: você pode parar de gravar a qualquer momento, independentemente da duração definida. Basta pressionar o atalho de teclado que você usa para iniciar a gravação para interromper a gravação.

Veja também

Conheça alguns programas de gravação de tela para Linux

O que está sendo falado no blog



blog comments powered by Disqus