Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

Wind River Linux LTS21 lançado com kernel 5.10 LTS, Yocto 3.3 e Qt 5.15.2

E foi lançado o Wind River Linux LTS21 com kernel 5.10 LTS, Yocto 3.3 e Qt 5.15.2. Confira as novidades desse lançamento e veja onde baixar.

Wind River é uma distribuição Linux comercial reforçada e repleta de recursos, baseada principalmente em código-fonte aberto, como o Projeto Yocto.

A distro fornece “uma plataforma de desenvolvimento Linux completa para desenvolvimento de dispositivos embarcados” com conjunto de ferramentas, ferramentas e milhares de pacotes voltados para aplicações, incluindo telecomunicações, rede, aeroespacial, defesa, industrial e consumidor.

Agora, a Wind River lançou o Wind River Linux LTS21, avançando para o kernel 5.10 LTS, Yocto Project 3.3 e Qt 5.15.2.

Wind River Linux LTS21 lançado com kernel 5.10 LTS, Yocto 3.3 e Qt 5.15.2

Wind River Linux LTS21 lançado com kernel 5.10 LTS, Yocto 3.3 e Qt 5.15.2
Wind River Linux LTS21 lançado com kernel 5.10 LTS, Yocto 3.3 e Qt 5.15.2

Os novos recursos incluem uma Linux Assembly Tool para criação de imagens e uma distribuição binária pré-construída.

Ouvimos falar de Wind River pela última vez em fevereiro de 2020, quando a empresa lançou uma versão sem nome do Wind River Linux que adicionou um modelo opcional de CI/CD (integração contínua e entrega contínua) com atualizações mais frequentes, entre outros recursos.

A empresa, que também oferece o VxWorks RTOS, lançou agora o Wind River Linux Long Term Support (LTS) 21, apresentando uma nova ferramenta de montagem do Linux e uma opção para uma distribuição binária pré-construída.

O Wind River Linux LTS21 vem com o kernel Linux LTS 5.10 mais recente, que será mantido até 2026. A versão atualiza para o Yocto Project 3.3 “Hardknott’, que foi lançado em abril. Outras atualizações incluem Qt 5.15.2, bem como Docker 19.03 e gcc 10.2.x.

A nova Linux Assembly Tool é projetada para tarefas de gerenciamento de imagens, como construção e publicação de pacotes RPM, geração de imagens de feeds de pacote para hardware específico e geração de um SDK atualizado.

Além disso, “você pode adicionar ou remover pacotes e especificar quaisquer instruções pré e pós-construção para a construção”, diz Wind River.

Um novo recurso relacionado é uma distribuição binária pré-construída, que “permite uma prototipagem dramaticamente mais rápida de sistemas embarcados Linux OS, eliminando a necessidade de construir todo o sistema operacional a partir da fonte”, diz a ex-subsidiária da Intel.

“Com a Linux Assembly Tool, a distribuição binária permite a criação de um sistema operacional integrado personalizado em apenas uma hora, em comparação com mais de um dia”.

A versão LTS21 fornece novo suporte TensorFlow e em breve estará no novo suporte Intel OpenVINO LTS21 RCPL. Outros recursos incluem suporte OSTree aprimorado, um novo substituto “chrony” para NTP e “habilitação total” para Wind River Workbench.

O suporte de hardware inclui Raspberry Pi 4 Modelo B, Intel Tiger Lake e Ice Lake-SP e NXP LS1028A, i.MX7, i.MX8 QuadMax e SP32G. Também há suporte para Zynq UltraScale + MPSoC, entre outros.

O Suporte de Longo Prazo 21 do Wind River Linux já está disponível com preço não divulgado. Mais informações podem ser encontradas no anúncio LTS21 da Wind River e na página do produto.

Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.