Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

Wine começou a fazer experiências com o suporte do macOS ARM64

De olho nos futuros desktops/laptops com seus processadores internos da Apple, o projeto Wine começou a fazer experiências com o suporte do macOS ARM64.

Bastante popular, o Wine é um software livre e de código aberto, que tem como objetivo permitir que os aplicativos desenvolvidos para Microsoft Windows possam ser executados no Linux, Mac, FreeBSD e Solaris.

Esse recurso, é muito importante para ex-usuários do sistema operacional Windows ou para qualquer pessoa que ainda precisa usar os aplicativos desse sistema no Linux.

Ao longo dos próximos meses, com a Apple preparando futuros desktops/laptops com seus processadores internos da Apple construído na arquitetura ARM de 64 bits, os desenvolvedores do Wine estão começando a estudar como dar suporte a esses futuros sistemas ARM de 64 bits com o macOS Big Sur.

Wine começou a fazer experiências com o suporte do macOS ARM64

Wine começou a fazer experiências com o suporte do macOS ARM64
Wine começou a fazer experiências com o suporte do macOS ARM64

O desenvolvedor do Wine, Martin Storsjo, tem experimentado o suporte do macOS + ARM64 e possui o código o suficiente para que “pequenos executáveis ​​de teste” possam ser executados na cópia com patchs do Wine.

Embora durante anos o Wine tenha trabalhado com suporte ARM de 64 bits no contexto do Windows RT, a possibilidade de executar Wine no Android ou Chromebooks com tecnologia ARM e outros casos de uso, o Wine para macOS no ARM64 vem com seu próprio conjunto de desafios.

O Apple macOS em ARM64 tem um tamanho de página maior, o macOS não está mapeando nada nos 4 GB inferiores do espaço de endereço, os mapeamentos de memória não podem ser gravados e executáveis ​​ao mesmo tempo e outras diferenças arquitetônicas.

Mas para aqueles que desejam executar jogos/aplicativos x86_64 do Windows no macOS ARM64, esse suporte ainda não está no escopo deste trabalho. O suporte atual do Wine ARM é descrito nesta página do Wiki.

Esses patches dão início ao desenvolvimento do macOS ARM64 para Wine e estabelecem as bases para avanços futuros nessa área.

O que está sendo falado no blog

Artigos relacionados

Compartilhe:
Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.