Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

YouTube Music está testando filtros de pesquisa, mas com limitações significativas

Segundo um usuário do Reddit, o YouTube Music está testando filtros de pesquisa, mas com limitações significativas. Confira os detalhes.

O Google está fazendo tudo o que pode para melhorar o YouTube Music e trazê-lo para fora da sombra de seu antecessor, adicionando novos recursos e aprimorando os existentes.

Agora o Google está testando uma guia de biblioteca para ajudá-lo a encontrar a música que você está procurando, mas há um limite para o quão útil ela pode ser em seu aspecto atual.

YouTube Music está testando filtros de pesquisa, mas com limitações significativas

YouTube Music está testando filtros de pesquisa, mas com limitações significativas
YouTube Music está testando filtros de pesquisa, mas com limitações significativas

O usuário do Reddit, PeepAndCreep, notou a nova guia, e tocar nela depois de digitar sua consulta de pesquisa mostrará todos os resultados relevantes de sua biblioteca.

Infelizmente, ele só mostra música do lado de streaming do YouTube Music. Os itens carregados não aparecerão aqui, o que limitará severamente sua utilidade para muitos usuários. A verdade é que muitos querem que isso funcionasse com música enviada.

YouTube Music está testando filtros de pesquisa, mas com limitações significativas
YouTube Music está testando filtros de pesquisa, mas com limitações significativas

Se você tocar em um artista daqui, ele o levará para a página “em minha biblioteca” desse artista, enquanto tocar em um álbum o mostrará em sua totalidade, mesmo se você tiver apenas uma ou duas faixas salvas.

Playlists oficiais do YouTube Music, playlists feitas por outros usuários e playlists colaborativas que você não criou também não serão exibidas nesta guia.

Isso parece um descuido significativo para mim. Minha esposa e eu temos várias listas de reprodução colaborativas, e o fato de que o filtro de pesquisa as mostrará apenas para um de nós é frustrante.

Este parece ser apenas um teste do lado do servidor no momento, então o Google espera melhorar ainda mais a experiência antes de implementá-la amplamente para mais usuários.

Compartilhe:
Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.