Cinnamon 1.8 – Conhecendo as novidades

Depois de instalar o novíssimo Cinnamon 1.8 no Ubuntu, que tal dar uma olhada no que há de novo nele? A boa notícia é que são muitas as e boa parte delas torna o mais independente.

cinnamon-1.8


Veja também


Gnome-session



Agora o usa mais o gnome-session, o que tem suas vantagens, tais como a capacidade de reiniciar o ambiente depois de um crash (problema) ou o uso de um wrapper que permite ao reiniciar-se após as potenciais falhas. Isso também deve corrigir o problema que faz com que o não funcione em alguns hardwares que deveriam ser capazes de executá-lo.

Centro de Controle

O ambiente agora vem com seu próprio painel de Ccontrole, eliminando a necessidade de usar o GNOME Control Center. Isto é especialmente útil se você tiver instalado vários ambientes de desktop: recursos que são específicos do GNOME Shell ou Unity  não aparecem em Cinnamon Control Center. Com isso você agora passa a ter um aplicativo de configurações mais limpo e menos confuso.  Em Configurações do Cinnamon, você pode encontrar todas as configurações do GNOME que também se aplicam ao Cinnamon, bem como configurações específicas do Cinnamon, como applets, desklets, configurações de tema, o comportamento da janela, configurações do painel e muito mais. Por padrão, o Cinnamon Control Center exibe apenas algumas das configurações do sistema e para configurações mais avançadas você deve clicar no botão “Switch to Advanced Mode” ou “Alternar para o Modo Avançado”, que fica no canto inferior esquerdo.

cinnamon-1.8-system-settings

 

Screensaver simplista

Está disponível por padrão com o Cinnamon 1.8. um screensaver muito simplista. Tudo que ele faz é exibir a data e a hora em um fundo sombreado e, opcionalmente, também pode exibir uma mensagem de ausência.

cinnamon-1.8-screensaver

 

Widgets de desktop

A nova versão também introduz os Cinnamon “desklets” (widgets de desktop). Como ainda é um recurso novo, existem ainda poucas opções disponíveis por enquanto. Os desklets podem ser configurados para tirar a grade desklets para que eles fiquem bem alinhados, com largura da grade configurável e os usuários também podem selecionar se os desklets deve usar uma borda.
cinnamon-1.8-desklets-settings
Instalar ou atualizar “especiarias”
Outra novidade interessante dessa versão, é que você pode instalar ou atualizar “especiarias” (que incluem applets, desklets, temas ou extensões) diretamente do desktop, via Cinnamon Control Center, para que os usuários do ambiente não precisem baixar e instalar manualmente.
cinnamon-1.8-applets-install-online
Nemo, o gerenciador de arquivos

E, finalmente, Nemo, o gerenciador de arquivos padrão do ambiente Cinnamon, recebeu muitas melhorias desde a versão estável anterior, tais como:

  • Botões na barra de status para ocultar facilmente a barra lateral e alternar entre lugares (places) e treeview (sidebar);
  • Opção para ocultar o menu;
  • Barra lateral de categorias dobráveis;
  • Breadcrumbs;
  • Indicadores de disco da barra lateral: indicadores são exibidas em cada unidade, mostrando o espaço livre / usado;
  • Várias correções e muito mais.

cinnamon-1.8-nemo

 

Outras alterações

  • O  Cinnamon agora inicia automaticamente no modo Rendering Software (anteriormente conhecido como Cinnamon 2D). Quando não é suportado ou não consegue carregar nesse modo, uma notificação crítica é exibida na inicialização. Isso geralmente acontece devido a um problema com os drivers ou se a placa de vídeo não suporta qualquer aceleração;
  • Melhor configuração hot-corner;
  • Efeito coverflow e timeline para quando teclar alt-tab;
  • Applets padrão atualizados e muitas, muitas correções mesmo.

cinnamon-1.8-hotcorners cinnamon-1.8-coverflow-alt-tab cinnamon-1.8-timeline-alt-tab

Por enquanto é só isso. Abaixo, você pode assistir a um vídeo que apresenta as mudanças mais importantes no Cinnamon 1.8. É recomendável assisti-lo na melhor resolução para poder ver os detalhes :

http://www.youtube.com/watch?v=ZNjZH2r9Zos&feature=player_embedded


Se quiser experimentar outros ambientes gráficos no Ubuntu, dê uma olhada nessa série:

Não desinstale o Ubuntu, apenas mude a interface parte 1 – Gnome Classic
Não desinstale o Ubuntu, apenas mude a interface parte 2 – KDE Plasma ou Kubuntu
Não desinstale o Ubuntu, apenas mude a interface parte 3 – MATE
Não desinstale o Ubuntu, apenas mude a interface parte 4 – Xfce
Não desinstale o Ubuntu, apenas mude a interface parte 5 – Cinnamon
Não desinstale o Ubuntu, apenas mude a interface parte 6 – LXDE
Não desinstale o Ubuntu, apenas mude a interface parte 7 – Gnome 3
Não desinstale o Ubuntu, apenas mude a interface parte 8 – Razor-qt
Não desinstale o Ubuntu, apenas mude a interface parte 9 – E17
Não desinstale o Ubuntu, apenas mude a interface parte 10 – WindowMaker
Não desinstale o Ubuntu, apenas mude a interface parte 11 – BlackBox
Não desinstale o Ubuntu, apenas mude a interface parte 12 – Fluxbox
Não desinstale o Ubuntu, apenas mude a interface parte 13 – Openbox
Não desinstale o Ubuntu, apenas mude a interface parte 15 – Awesome WM

Edivaldo

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande de fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Website: http://www.edivaldobrito.com.br



blog comments powered by Disqus