Corel Draw para Linux – Conheça sK1 um editor vetorial com suporte a CMYK

Procurando um Corel Draw para Linux? Conheça e o SK1, um vetorial com suporte a CMYK e diversos outros recursos importante para editoração.


sK1 é um programa de ilustração ou editor de gráficos vetoriais de código aberto, que por conta de seus recuros, pode substituir softwares profissionais proprietários como o Corel Draw, Adobe Illustrator ou Freehand. Ele suporta recursos de publicação profissionais, como documento de várias páginas, cores CMYK, separações, gerenciamento de cor ICC e saída em PDF.
Corel Draw para Linux - Conheça sK1 um editor vetorial com suporte a CMYK
O aplicativo foi escrito usando a toolkit wxWidgets, por isso, é realmente um software multiplataforma que usa controles visuais específicos da plataformas. Isso faz com que o visual do programa seja semelhante a um software nativo da plataforma usada.

suporte a CMYK

sK1 suporta CMYK. Mas o que é CMYK? CMYK é a abreviação para as cores ciano, magenta, amarelo e preto. O termo vem do inglês “Cyan”, “Magenta”, “Yellow” e “Key” (ou “chave”). Essas quatro letras CMYK são as mais importantes no mundo do design gráfico e representam o sistema de impressão atual.


Veja também


O sK1 suporta esse padrão porque seu principal objetivo é ser uma aplicação estável e compatível com Corel Draw e Adobe Illustrator, para ser usado em trabalhos de pré-impressão. Para quem não conhece, a Pré-Impressão é uma fase importantíssima no processo de produção gráfica. Ela compõe todo o conjunto de procedimentos e cuidados a serem adotados depois de finalizada a arte a ser impressa e antes do processo de impressão propriamente dito, ou seja, a reprodução do grafismo em seu suporte final.



Outra opção de Corel Draw para Linux

Mas o SK1 não é o único editor de vetoriais para Linux. Conheça no tutorial abaixo, outra alternativa ao Corel Draw para Linux:
Inkscape no Ubuntu – Como atualizar para a versão mais recente

Conheça melhor o SK1, o Corel Draw para Linux

Para saber mais sobre esse programa, clique nesse link.
Além do sK1, no link acima tem outros utilitários interessantes que podem ser úteis. Dê uma olhada nisso.

Como instalar o SK1 no Linux

Para instalar o SK1 Linux Ubuntu, Debian, Fedora e derivados, basta baixar o pacote RPM ou DEB, disponível nessa página, e dar um duplo clique sobre ele. Depois, confirme a instalação e aguarde terminar o processo. Se preferir, faça a instalação usando o terminal, seguindo os procedimentos abaixo.

Vale observar que, apesar dos pacotes disponibilizados serem específicos para algumas versões de algumas das mais populares distribuições Linux (Ubuntu, Mint, Debian, Fedora, OpenSUSE e Mageia), eles podem ser instalados em versões mais recentes destes sistemas (testei no Ubuntu 16.04) e até em sistema derivados.

Como instalar o SK1 no Linux Ubuntu, Mint, Debian e derivados e ter um Corel Draw para Linux

Quem quiser instalar o SK1 no Linux Ubuntu, Mint, Debian e outros sistemas que suportam arquivos .deb, deve fazer o seguinte:
Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Confira se o seu sistema é de 32 bits ou 64 bits, para isso, use o seguinte comando no terminal:

uname -m

Passo 3. Se seu sistema é um Ubuntu 14.04 de 32 bits, use o comando abaixo para baixar o programa. Se o link estiver desatualizado, acesse essa página, baixe a última versão e salve-o com o nome sk1.deb:

wget http://superb-sea2.dl.sourceforge.net/project/sk1/sk1/sK1_v.0.9.3/python-sk1-0.9.3_1ubuntu1_14.04_i386.deb -O sk1.deb

Passo 4. Se seu sistema é um Ubuntu 14.04 de 64 bits, use o comando abaixo para baixar o programa. Se o link estiver desatualizado, acesse essa página, baixe a última versão e salve-o com o nome sk1.deb:

wget http://superb-sea2.dl.sourceforge.net/project/sk1/sk1/sK1_v.0.9.3/python-sk1-0.9.3_1ubuntu1_14.04_amd64.deb -O sk1.deb

Passo 5. Se seu sistema é um Ubuntu 14.10 de 32 bits, use o comando abaixo para baixar o programa. Se o link estiver desatualizado, acesse essa página, baixe a última versão e salve-o com o nome sk1.deb:

wget http://superb-sea2.dl.sourceforge.net/project/sk1/sk1/sK1_v.0.9.3/python-sk1-0.9.3_1ubuntu1_14.10_i386.deb -O sk1.deb

Passo 6. Se seu sistema é um Ubuntu 14.10 de 64 bits, use o comando abaixo para baixar o programa. Se o link estiver desatualizado, acesse essa página, baixe a última versão e salve-o com o nome sk1.deb:

wget http://superb-sea2.dl.sourceforge.net/project/sk1/sk1/sK1_v.0.9.3/python-sk1-0.9.3_1ubuntu1_14.10_amd64.deb -O sk1.deb

Passo 7. Se seu sistema é um Mint 17.1 de 32 bits, use o comando abaixo para baixar o programa. Se o link estiver desatualizado, acesse essa página, baixe a última versão e salve-o com o nome sk1.deb:

wget http://superb-sea2.dl.sourceforge.net/project/sk1/sk1/sK1_v.0.9.3/python-sk1-0.9.3_1mint_17.1_i386.deb -O sk1.deb

Passo 8. Se seu sistema é um Mint 17.1 de 64 bits, use o comando abaixo para baixar o programa. Se o link estiver desatualizado, acesse essa página, baixe a última versão e salve-o com o nome sk1.deb:

wget http://superb-sea2.dl.sourceforge.net/project/sk1/sk1/sK1_v.0.9.3/python-sk1-0.9.3_1mint_17.1_amd64.deb -O sk1.deb

Passo 9. Se seu sistema é um Debian 7.8 de 32 bits, use o comando abaixo para baixar o programa. Se o link estiver desatualizado, acesse essa página, baixe a última versão e salve-o com o nome sk1.deb:

wget http://superb-sea2.dl.sourceforge.net/project/sk1/sk1/sK1_v.0.9.3/python-sk1-0.9.3_1debian_7.8_i386.deb -O sk1.deb

Passo 10. Se seu sistema é um Debian 7.8 de 64 bits, use o comando abaixo para baixar o programa. Se o link estiver desatualizado, acesse essa página, baixe a última versão e salve-o com o nome sk1.deb:

wget http://superb-sea2.dl.sourceforge.net/project/sk1/sk1/sK1_v.0.9.3/python-sk1-0.9.3_1debian_7.8_amd64.deb -O sk1.deb

Passo 11. Agora instale o programa com o comando:

sudo dpkg -i sk1.deb

Passo 12. Caso seja necessário, instale as dependências do programa com o comando:

sudo apt-get install -f

Passo 13. Depois, se precisar desinstalar o programa, use esse comando:

sudo apt-get remove python-sk1

Como instalar o programa no Linux Fedora, OpenSUse, CentOS e derivados e ter um Corel Draw para Linux

Quem quiser instalar o programa no Linux Fedora, OpenSUse, CentOS e outros sistemas que suportam arquivos .rpm, tem de fazer o seguinte:
Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Confira se o seu sistema é de 32 bits ou 64 bits, para isso, use o seguinte comando no terminal:

uname -m

Passo 4. Se seu sistema é um Fedora 21 de 32 bits, use o comando abaixo para baixar o programa. Se o link estiver desatualizado, acesse essa página, baixe a última versão e salve-o com o nome sk1.rpm:

wget http://iweb.dl.sourceforge.net/project/sk1/sk1/sK1_v.0.9.3/sk1-0.9.3-1.fc21.i686.rpm -O sk1.rpm

Passo 5. Se seu sistema é um Fedora 21 de 64 bits, use o comando abaixo para baixar o programa. Se o link estiver desatualizado, acesse essa página, baixe a última versão e salve-o com o nome sk1.rpm:

wget http://iweb.dl.sourceforge.net/project/sk1/sk1/sK1_v.0.9.3/sk1-0.9.3-1.fc21.x86_64.rpm -O sk1.rpm

Passo 6. Se seu sistema é um OpenSUSE 13.2 de 32 bits, use o comando abaixo para baixar o programa. Se o link estiver desatualizado, acesse essa página, baixe a última versão e salve-o com o nome sk1.rpm:

wget http://iweb.dl.sourceforge.net/project/sk1/sk1/sK1_v.0.9.3/sk1-0.9.3-1.opensuse13.2.i586.rpm -O sk1.rpm

Passo 7. Se seu sistema é um OpenSUSE 13.2 de 64 bits, use o comando abaixo para baixar o programa. Se o link estiver desatualizado, acesse essa página, baixe a última versão e salve-o com o nome sk1.rpm:

wget http://iweb.dl.sourceforge.net/project/sk1/sk1/sK1_v.0.9.3/sk1-0.9.3-1.opensuse13.2.x86_64.rpm -O sk1.rpm

Passo 8. Se seu sistema é um Mageia 4.1 de 32 bits, use o comando abaixo para baixar o programa. Se o link estiver desatualizado, acesse essa página, baixe a última versão e salve-o com o nome sk1.rpm:

wget http://iweb.dl.sourceforge.net/project/sk1/sk1/sK1_v.0.9.3/sk1-0.9.3-1.opensuse13.2.i586.rpm -O sk1.rpm

Passo 9. Se seu sistema é um Mageia 4.1 de 64 bits, use o comando abaixo para baixar o programa. Se o link estiver desatualizado, acesse essa página, baixe a última versão e salve-o com o nome sk1.rpm:

wget http://iweb.dl.sourceforge.net/project/sk1/sk1/sK1_v.0.9.3/sk1-0.9.3-1.opensuse13.2.x86_64.rpm -O sk1.rpm

Passo 10. Para instalar em um Fedora, RedHat, CentOS e seus derivados, use o comando abaixo:

sudo yum localinstall sk1.rpm

ou

sudo dnf install sk1.rpm

Passo 11. Para instalar em um openSUSE ou um de seus derivados, use o comando abaixo:

sudo zypper install sk1.rpm

Passo 12. Para instalar o programa no Mageia e na maioria das distro com suporte a arquivos RPM, use o comando:

sudo rpm -i sk1.rpm

Passo 13. Depois, se precisar desinstalar o programa, use esse comando:

sudo rpm -e python-sk1

Pronto! Agora, quando quiser iniciar o programa, use o atalho dele ou digite sk1 em um terminal, seguido da tecla TAB.

O que está sendo falado no blog nos últimos dias

Edivaldo

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande de fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Website: http://www.edivaldobrito.com.br



blog comments powered by Disqus