Lançado o kernel 4.13 – veja como atualizar no Ubuntu, Fedora, openSUSE e derivados

Após 7 release candidate, Linus Torvalds finalmente anunciou o lançamento do novo kernel 4.13. Conheça as novidades, e se você quiser atualizar seu para essa nova versão, veja abaixo como fazer isso.


Cada atualização do kernel traz suporte para novos dispositivos ARM/placas/SoCs e o kernel 4.13 não é exceção. Ele adiciona suporte para o Bubblegum 96, o Rockchip RV1108 SoC e muitas das novas placas Orange Pi, incluindo o Orange Pi Win, Orange Pi Zero Plus 2 e Orange Pi Prime.

Lançado o kernel 4.13 - veja como atualizar no Ubuntu, Fedora, openSUSE e derivados
Lançado o kernel 4.13 – veja como atualizar no Ubuntu, Fedora, openSUSE e derivados

Novos recursos no Kernel 4.13:

  • Suporte inicial da Intel Cannonlake e da Coffeelake;
  • Suporte HDMI 3D/estereoscópico no driver Nouveau;
  • Atualizações Radeon/AMDGPU DRM;
  • Novo HID, suporte de hardware de áudio;
  • Suporte a DRM object sync;
  • Suporte para o Razer Atrox Arcade Stick
  • Suporte para teclado ASUS Zen AIO MD-5110;
  • Suporte aprimorado de Intel SST Atom;
  • no suporte a sistema de arquivos Brtfs, EXT4, F2FS e XFS;
  • Suporte para o adaptador Retrode2 joypad;
  • E muitas mais outras mudanças e melhorias.

Para ver todas as mudanças presentes nesse kernel, acesse a nota de lançamento.

Atualizar ou não atualizar! Eis a questão

Essa série é voltada principalmente para os usuários que querem ter no seu sistema, a última versão do kernel Linux. Ela também serve para as pessoas que estão tendo problemas em algum hardware ou no reconhecimento deste e estão na expectativa de alguma correção.

Independente disso, o procedimento a seguir é muito simples e pode ser desfeito com poucos comandos, conforme mostrado no final. Na verdade, se o usuário quiser continuar dando boot pelo kernel anterior, basta apenas escolher a opção no menu do Grub e o novo kernel nem afetará seu sistema.

É 100% seguro? Nada é, mas é exatamente por isso que você deve escolher se irá ou não atualizar (e por isso coloco sempre a mensagem de alerta no texto), pois assim como no uso do software livre/open source, a liberdade de escolha é sua.

Antes de iniciar começar a atualizar o kernel do Ubuntu, saiba que este é um procedimento, que apesar de simples, exige conhecimentos avançados do sistema e deve ser feito por sua própria conta e risco.

Como atualizar o núcleo do Ubuntu para a versão final do kernel 4.13 usando um aplicativo

Como atualizar o núcleo do Ubuntu para o kernel 4.13

Se preferir, é possível fazer a atualização para esse kernel usando a ferramenta Ubuntu Kernel Update Utilit, que automatiza todo o processo, conforme mostrado nesse tutorial:

Como atualizar o kernel do Ubuntu com o Kernel Update Utility

Como atualizar o núcleo do Linux para a versão final do kernel 4.13 em outras distribuições

Se você usa um sistema baseado no RedHat ou derivados, veja como atualizar para esse kernel usando esse tutorial:

Como instalar o Kernel 4.x nos sistemas baseados em RPM

Como atualizar o núcleo do Ubuntu para a versão final do kernel 4.13 usando terminal

Para atualizar o núcleo do Ubuntu para a versão final do kernel 4.13, faça o seguinte
Passo 1. Abra um terminal (Usando o Dash ou pressionando as teclas CTRL+ALT+T);
Passo 2. Verifique qual a arquitetura de seu sistema acessando as Configurações do Sistema e a opção “Detalhes” ou usando o comando abaixo:

uname -m

Passo 3. Se estiver usando um sistema de 32 bits, baixe os arquivos DEB com os comandos:

wget http://kernel.ubuntu.com/~kernel-/mainline/v4.13/linux-headers-4.13.0-041300_4.13.0-041300.201709031731_all.deb
wget http://kernel.ubuntu.com/~kernel-ppa/mainline/v4.13/linux-headers-4.13.0-041300-generic_4.13.0-041300.201709031731_i386.deb
wget http://kernel.ubuntu.com/~kernel-ppa/mainline/v4.13/linux-image-4.13.0-041300-generic_4.13.0-041300.201709031731_i386.deb

Passo 4. Se estiver usando um sistema de 32 bits e quiser usar o kernel de baixa latência, baixe os arquivos DEB com os comandos:

wget http://kernel.ubuntu.com/~kernel-ppa/mainline/v4.13/linux-headers-4.13.0-041300_4.13.0-041300.201709031731_all.deb
wget http://kernel.ubuntu.com/~kernel-ppa/mainline/v4.13/linux-headers-4.13.0-041300-lowlatency_4.13.0-041300.201709031731_i386.deb
wget http://kernel.ubuntu.com/~kernel-ppa/mainline/v4.13/linux-image-4.13.0-041300-lowlatency_4.13.0-041300.201709031731_i386.deb

Passo 5. Se estiver usando um sistema de 64 bits, baixe os arquivos DEB com os comandos:

wget http://kernel.ubuntu.com/~kernel-ppa/mainline/v4.13/linux-headers-4.13.0-041300_4.13.0-041300.201709031731_all.deb
wget http://kernel.ubuntu.com/~kernel-ppa/mainline/v4.13/linux-headers-4.13.0-041300-generic_4.13.0-041300.201709031731_amd64.deb
wget http://kernel.ubuntu.com/~kernel-ppa/mainline/v4.13/linux-image-4.13.0-041300-generic_4.13.0-041300.201709031731_amd64.deb

Passo 6. Se estiver usando um sistema de 64 bits e quiser usar o kernel de baixa latência, baixe os arquivos DEB com os comandos:

wget http://kernel.ubuntu.com/~kernel-ppa/mainline/v4.13/linux-headers-4.13.0-041300_4.13.0-041300.201709031731_all.deb
wget http://kernel.ubuntu.com/~kernel-ppa/mainline/v4.13/linux-headers-4.13.0-041300-lowlatency_4.13.0-041300.201709031731_amd64.deb
wget http://kernel.ubuntu.com/~kernel-ppa/mainline/v4.13/linux-image-4.13.0-041300-lowlatency_4.13.0-041300.201709031731_amd64.deb

Passo 7. Instale o kernel com o comando:

sudo dpkg -i linux-headers-4.13.0*.deb linux-image-4.13.0*.deb

Passo 8. Reinicie o sistema com o comando abaixo:

sudo reboot

Atenção: Todos os drivers que não fazem parte da principal árvore do kernel (o que obviamente inclui drivers proprietários) devem ser recompilados para novas versões do kernel.

Como remover kernels antigos com segurança

Depois de atualizar, é importante guardar uma versão anterior do krnel Linux por precaução. Mas quando você não estiver mais precisado dos kernels antigos, use esse tutorial para removê-los:
Como remover kernels antigos no Ubuntu ou Linux Mint com segurança

Como desinstalar o kernel 4.13

Se você tiver algum problema e quiser desinstalar o kernel 4.13, reinicie o computador com um kernel anterior (usando Grub -> Advanced -> select previous kernel, ou Grub -> Avançado -> selecionar o kernel anterior) e quando iniciar o sistema, faça login, abra um terminal e execute o comando abaixo para remover o Linux Kernel 4.13:

sudo apt-get remove linux-headers-4.13.0 linux-image-4.13.0

Em seguida, atualize o menu do GRUB, com o comando:

sudo update-grub

O que está sendo falado no blog nos últimos dias



Quer ficar por dentro de tudo que é publicado no Blog do Edivaldo? Pois isso é muito simples!
Basta curtir nossa página no Facebook, seguir o Blog no Twitter ou no Google+.
Se preferir, você também pode assinar o feed do site ou apenas baixar o app do Blog do Edivaldo no seu Smartphone, e ficar de olho!


Teve alguma dificuldade ou sabe de alguma dica relacionada ao assunto acima?
Então escreva um comentário e ajude a melhorar esse texto.
E claro, não esqueça de compartilhar também, clicando nos botões de compartilhamento!



blog comments powered by Disqus