Instale o Gifcurry para poder transformar vídeo em GIF

Se você tem um acervo de gravações e quer poder transformar vídeo em GIF, conheça, veja como instalar e usar o Gifcurry no Linux.


Os GIF animados estão em todos os lugares: em blogs, mídias sociais, WhatsApp, Telegram e fóruns. Eles servem regularmente como a melhor forma de responder algo, porque se as imagens valem mais que mil palavras, um gif de gatinho pode valer um milhão. 🙂

Instale o Gifcurry para poder transformar vídeo em GIF
Instale o Gifcurry para poder transformar vídeo em GIF

Mas eles não servem apenas para o humor. Os GIF animados são uma ótima alternativa para clipes de vídeo curtos e screencasts. Muitos sites de aplicativos agora os usam como recursos de demonstração ou opções de destaque, e os blogs os usam regularmente para ilustrar postagens.

Todo navegador web moderno pode reproduzir GIF animados e, como você pode hospedá-los em seu próprio servidor ou em um site de compartilhamento de imagens gratuito, como o Imgur, eles fornecem uma experiência mais rápida do que fazer o upload para o ou se mexerem com um vídeo HTML5 embutido.

Mas como você faz um GIF animado a partir de um vídeo no Linux? Para essa tarefa, a melhor escolha certamente é o Gifcurry.

Gifcurry é um aplicativo que permite transformar vídeo em GIF através de uma interface de usuário simples e algumas características úteis. Ele usa ffmpeg e imagemagic para processar vídeo e converter para GIF, e tem uma interface de linha de comando (CLI) e uma interface gráfica de usuário (GUI).

Além de permitir que você possa transformar vídeo em GIF, o programa também tem a opção de adicionar texto ao seu gif usando qualquer fonte que você tenha instalada no seu sistema – perfeito se você gosta de fazer memes ou quer subtitular um clipe.

Você também pode definir a largura da imagem em pixels, a duração exata em segundos e selecionar um tamanho de qualidade.

O aplicativo mostra uma prévia dos primeiros e últimos quadros. Isso permite que você verifique se você está convertendo a parte direita do vídeo e permite que você corte o(s) quadro(s) exato(s) que deseja.

Naturalmente, o GIF animado que você faz não será tão fluido como o vídeo fonte que você colocou, mas, dependendo das configurações que você escolher, ele pode parecer bem decente.

Principais características da Gifcurry:

  • Permite converter vídeo para GIF;
  • Permite adicionar texto ao GIF;
  • Permite escolher a hora de início do GIF;
  • Permite definir a duração;
  • Permite definir a largura do GIF;
  • Permite ajustar a qualidade;
  • Permite o upload para os serviços Imgur ou Giphy;

Não há opções avançadas para controlar a taxa de quadros, o comportamento de loop, o dithering ou a paleta de cores – todas as opções que os aplicativos semelhantes para o MacOS têm.

Sem essa variável, você precisará ser brutal ao ajustar as configurações de qualidade. Quanto maior a qualidade, maior o tamanho do GIF.

Conheça melhor o Gifcurry

Para saber mais sobre esse programa, clique nesse link.

Como instalar o Gifcurry no Linux

Para instalar o Gifcurry no Linux, faça o seguinte:
Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Caso já tenha feito alguma instalação manual, apague a pasta, o link e o atalho anterior com esse comando;

sudo rm -Rf /opt/gifcurry*
sudo rm -Rf /usr/bin/gifcurry
sudo rm -Rf /usr/share/applications/gifcurry.desktop

Passo 3. Confira se o seu sistema é de 64 bits, para isso, use o seguinte comando no terminal:

uname -m

Passo 4. Se seu sistema é de 64 bits, use o comando a seguir para baixar o programa. Se o link estiver desatualizado, acesse essa página, baixe a última versão e salve-o com o nome gifcurry.tar.gz:

wget https://github.com/lettier/gifcurry/releases/download/2.1.0.0/gifcurry-linux-2.1.0.0.tar.gz -O gifcurry.tar.gz

Passo 5. Use o comando a seguir para descompactar o arquivo baixado;

sudo tar vzxf gifcurry.tar.gz -C /opt/

Passo 6. Renomeie a pasta criada. Se ao executar o comando abaixo ocorrer um erro com a mensagem iniciando com “mv: é impossível sobrescrever o não-diretório”, pule este passo;

sudo mv /opt/gifcurry*/ /opt/gifcurry

Passo 7. Finalmente, crie um atalho para facilitar a execução do programa;

sudo ln -sf /opt/gifcurry/bin/gifcurry_gui /usr/bin/gifcurry

Passo 8. Se seu ambiente gráfico atual suportar, crie um lançador para o programa, executando o comando abaixo;

echo -e '[Desktop Entry]\n Version=1.0\n Name=gifcurry\n Exec=/opt/gifcurry/bin/gifcurry_gui\n Icon=totem\n Type=Application\n Categories=Application' | sudo tee /usr/share/applications/gifcurry.desktop

Pronto! Agora, quando quiser iniciar o programa, digite gifcurry em um terminal, seguido da tecla TAB.

Já se a sua distribuição suportar, coloque o atalho na sua área de trabalho usando o gerenciador de arquivos do sistema ou o comando abaixo, e use-o para iniciar o programa.

sudo chmod +x /usr/share/applications/gifcurry.desktop
cp /usr/share/applications/gifcurry.desktop  ~/Área\ de\ Trabalho/

Se seu sistema estiver em inglês, use este comando para copiar o atalho para sua área de trabalho:

cp /usr/share/applications/gifcurry.desktop ~/Desktop

Para mais detalhes sobre essa tarefa, consulte esse tutorial:
Como adicionar atalhos de aplicativos na área de trabalho do Unity

Se quiser, você também pode usar o gerenciador de arquivos do sistema para executar o programa, apenas abrindo a pasta dele e clicando em seu executável.

Como usar o Gifcurry para transformar vídeo em GIF

Usar o Gifcurry é fácil: basta executar o aplicativo, escolher um vídeo para converter em um GIF, definir a hora de início e a duração desejada e, em seguida, aperte o botão “Create”. Uma imagem animada aparece no outro lado, no local escolhido, com o nome do arquivo escolhido.

Instale o Gifcurry para poder transformar vídeo em GIF

Como remover o Gifcurry no Linux

Para remover o Gifcurry no Linux, basta apagar a pasta, o link e o atalho anterior com esse comando;

sudo rm -Rf /opt/gifcurry*
sudo rm -Rf /usr/bin/gifcurry
sudo rm -Rf /usr/share/applications/gifcurry.desktop

O que está sendo falado no blog nos últimos dias



Quer ficar por dentro de tudo que é publicado no Blog do Edivaldo? Pois isso é muito simples!
Basta curtir nossa página no Facebook, seguir o Blog no Twitter ou no Google+.
Se preferir, você também pode assinar o feed do site ou apenas baixar o app do Blog do Edivaldo no seu Smartphone, e ficar de olho!


Teve alguma dificuldade ou sabe de alguma dica relacionada ao assunto acima?
Então escreva um comentário e ajude a melhorar esse texto.
E claro, não esqueça de compartilhar também, clicando nos botões de compartilhamento!



blog comments powered by Disqus