Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

Aplicativos ocultos são a nova geração de malware mobile

Os Aplicativos ocultos são a nova geração de malware mobile e a McAfee publicou um relatório que revela que aplicativos móveis ocultos estão aumentando.

Apesar de todo o esforço do Google, a plataforma Android sofre constantemente com o perigo dos malware que volta e meia surgem para perturbar a vida dos usuários. Destaque para os chamados aplicativos ocultos.

Aplicativos ocultos são a nova geração de malware mobile
Aplicativos ocultos são a nova geração de malware mobile

Infelizmente, os aplicativos móveis ocultos estão lentamente se tornando o método favorito dos hackers para perseguir usuários do Android, com um relatório da McAfee revelando um aumento crescente no número de ataques registrados em 2019.

Aplicativos ocultos são a nova geração de malware mobile

Sim. Um relatório da McAfee revela que aplicativos móveis ocultos estão aumentando. Mais especificamente, os aplicativos móveis ocultos representam quase 50% de todas as ameaças maliciosas em 2019, um crescimento não inferior a 30% em relação ao ano anterior.

A empresa de segurança explica que os cibercriminosos geralmente abusam dos recursos de acessibilidade dos dispositivos Android para fins maliciosos, inclusive para criar contas e publicar análises usando as credenciais da vítima.

Esse método é usado por um malware conhecido como LeifAccess ou Shopper, que normalmente é distribuído em mídias sociais e aplicativos de bate-papo para jogadores.

Verifique duas vezes antes de baixar aplicativos

E por falar em bate-papos sobre jogos, a McAfee explica que essa também é uma tendência crescente, à medida que mais e mais criminosos cibernéticos usam esses serviços para procurar novas vítimas.

A empresa de segurança que:

“Os hackers estão aproveitando a popularidade dos jogos, distribuindo seus aplicativos maliciosos por meio de links em aplicativos populares de bate-papo para jogadores e enganando vídeos, criando seu próprio conteúdo contendo links para aplicativos falsos. Esses aplicativos são mascarados como genuínos com ícones que imitam de perto os aplicativos reais, mas veiculam anúncios indesejados e coletam dados do usuário.”

“Os pesquisadores da McAfee descobriram que aplicativos populares como FaceApp, Spotify e Call of Duty têm versões falsas que tentam atacar consumidores inocentes, especialmente usuários mais jovens.”

Uma das maneiras mais fáceis de manter a segurança é baixar apenas aplicativos de fontes confiáveis ​​e, é claro, sempre procurar mais informações antes de instalar algo que você não conhece.

Na Google Play Store, por exemplo, a seção de comentários é uma fonte valiosa de informações, pois as mensagens postadas por outros usuários podem ajudá-lo a determinar se um aplicativo é perigoso ou não, antes mesmo de baixá-lo em um novo dispositivo Android.

O que está sendo falado no blog

Categorias Android, Linux, Notícias, Open Source, Software livre Tags , , , , ,
Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.