Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

ArcMenu 38 lançado com três novos layouts no estilo do Budgie, Windows 10 e KRunner

Foi lançado o ArcMenu 38 lançado com três novos layouts no estilo do Budgie, Windows 10 e KRunner. Confira as novidades e veja como instalar no Linux.

O GNOME Shell oferece aos usuários a alternativa de usar um menu tradicional de aplicativos usando a extensão oficial do menu Aplicativos.

ArcMenu 38 lançado com três novos layouts no estilo do  Budgie, Windows 10 e KRunner
ArcMenu 38 lançado com três novos layouts no estilo do Budgie, Windows 10 e KRunner

O ArcMenu foi criado como um substituto para isso, com recursos extras, como funcionalidade de pesquisa, acesso rápido aos arquivos no sistema e, além disso, também é altamente personalizável.

Ele é uma extensão GNOME Shell que foi projetada para substituir elegantemente o menu padrão que é fornecido no desktop GNOME 3.

O ArcMenu é um software livre e de código aberto desenvolvido para uso com o GNOME 3.28 e superior. O código fonte está disponível no Gitlab, onde também são hospedados pacotes para instalação manual.

Além de ser tipicamente mais bonito do que o menu padrão do GNOME 3, essa possui extensão funcionalidades estendidas como um recurso de pesquisa e o usuário atualmente conectado.

Agora, os fãs da extensão Arc Menu para os desktops GNOME Shell têm muitos motivos para atualizar para a versão mais recente, pois foi ela atualizada recentemente, o ArcMenu 38.

Novidades do ArcMenu 38

O Arc Menu v38 mais recente traz 3 novos layouts no estilo do menu Budgie, menu Windows 10 e KRunner, além de algumas novas opções de personalização e correções de bugs

Cada um desses novos layouts pode ser personalizado ainda mais.

Para o estilo KRunner, você pode definir a posição na tela (com a parte superior sendo o padrão, mas também pode ser centralizada na tela), o estilo Windows 10 permite que os usuários personalizem os aplicativos fixados e a forma do ícone de avatar (o padrão é circular), enquanto o estilo Budgie tem uma opção para definir o método de ativação de categoria para clicar com o mouse (padrão) ou passar o mouse.

A opção de ativar uma categoria de aplicativos no mouse hove também foi adicionada aos layouts de menu Mint, Whisker, Brisk e GNOME, enquanto a personalização de aplicativo fixada que foi adicionada com o estilo Windows 10 também foi incluída no layout do menu Mint.

Outras mudanças:

  • Retrabalho das teclas de atalho Super_L e Super_R;
  • Ícone do botão Adicionar menu Alt;
  • Adicionar configurações de preenchimento de ícone de botão de menu;
  • Adicionar configurações de “Gap Adjustment”;
  • Adicione dicas de ferramentas a aplicativos fixados e itens de menu de categoria, e alguns ajustes de dicas de ferramentas;
  • Corrija “Fixar no menu do arco” e “Soltar do menu do arco”;
  • Corrigir suporte para vários monitores do Dash to Panel;
  • Outras correções e melhorias.

ArcMenu 38 lançado com três novos layouts no estilo do  Budgie, Windows 10 e KRunner
ArcMenu 38 lançado com três novos layouts no estilo do  Budgie, Windows 10 e KRunner
ArcMenu 38 lançado com três novos layouts no estilo do  Budgie, Windows 10 e KRunner
Caso você esteja se perguntando qual dock/painel está sendo usando nessas capturas de tela, é o Dash to Panel, uma extensão do Shell do GNOME que foi atualizada com suporte à orientação vertical do painel em outubro. Além de ser altamente personalizável, o Dash to Panel se integra perfeitamente ao Arc Menu.

Para saber mais sobre essa versão do Arc Menu, acesse a nota de lançamento.

Como instalar ou atualizar o ArcMenu 33

Se você usa o GNOME e já tiver a extensão ArcMenu instalada, poderá atualizá-la para a versão mais recente, visitando https://extensions.gnome.org/local/ e clicando na seta verde de “atualização”.

Ou, para instalar a versão mais recente do Arc Menu nas principais distribuições Linux, use esse tutorial:
Como instalar o ArcMenu, um bonito menu para o GNOME 3

O que está sendo falado no blog

No Post found.

Post Views: 4
Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.