Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

As assistentes virtuais já são parte da vida de várias pessoas e isso só tende a aumentar

Você sabe o que são as assistentes virtuais? Elas são aplicações que podem entender comandos de vozes e completar atividades para os usuários. Elas já podem ser encontradas em computadores, telefones, celulares tipo smartphones e tablets ou também em aparelhos específicos para isso, entre os dois maiores o Amazon Echo e o Google Home.

Esses aparelhos combinam uma tecnologia avançada e respondem por comandos de vozes. Ao mesmo tempo, o termo assistente virtual também pode ser utilizado para nomear as pessoas que realizam trabalhos administrativos à distância. Mas nesse artigo vamos focar na inteligência artificial.

As assistentes virtuais já são parte da vida de várias pessoas e isso só tende a aumentar
As assistentes virtuais já são parte da vida de várias pessoas e isso só tende a aumentar

O que as assistentes virtuais podem fazer? As assistente virtuais podem responder perguntas, fazer piadas, tocar músicas, acender e apagar as luzes, gerenciar calendários e alarmes, criar listas de mercados, fazer comprar, controlar o sistema de aquecimento e resfriamento de uma casa, abrir e trancar portas, mandar mensagens, fazer ligações, entre muitas outras coisas, ou seja, tudo o que pode ser automatizado, elas podem fazer. E o grande diferencial desses aparelhos é que eles aprendem com o tempo, pois apresentam inteligência artificial.

Um dos principais avanços da inteligência artificial foi recentemente quando uma universidade americana juntamente com o Facebook criou um inteligência artificial capaz de vencer os melhores jogadores de poker da atualidade. Jogar poker de 888 online ou em mesa física não é fácil, isso porque o jogo vai muito além das regras, é preciso ter estratégias e também interagir com os outros jogadores e o programa aprendeu jogando contra si mesmo. Com essas vitórias foi provado o poder da inteligência artificial e como ela pode ser desenvolvida nos próximos anos fazendo cada vez mais parte da vida das pessoas. Dessa maneira, essas assistente virtuais aprendem com os usuários, assim como aprenderam a jogar poker e vencer jogadores difíceis.

O futuro da humanidade vai ser com certeza usar essas ferramentas diariamente, hoje elas já são bastante acessíveis e várias pessoas já aderiram. As duas empresas principais na frente dessa nova tecnologia são a gigante Amazon e a Google, gigantes no segmento de inovação. Para usar essas assistentes, é necessário chamá-las pelo nome, no caso da Google, Oi Siri e no casa da Amazon, Oi Alexa.

Depois é preciso fazer um pedido específico e quanto mais detalhado melhor. Ao longo do tempo, usuário e inteligência a artificial vão interagindo de forma mais fácil, já que é preciso ocorrer uma adaptação de ambos. Humanos precisam aprender as limitações de máquina, e máquina precisa aprender os gostos e os hábitos do seu usuário, sendo capaz de ser totalmente personalizada e customizada de acordo com a necessidade de quem está o utilizando. Essa é uma interação bastante interessante entre os dois universos.

É difícil escolher entre o Google Home e o Amazon Echo já que os dois apresentam boas tecnologias, essa é mais uma escolha em relação ao gosto pessoal. Se o usuário já utiliza vários dos serviços da Google e tem até mesmo um telefone celular da Google fica muito mais fácil partir para o Google, caso contrário o Amazon Echo atende com um bom nível de qualidade e de segurança. Não é fácil tomar essa decisão de qual dos dois escolher.

No Brasil, apenas o Amazon Echo está disponível em português o que pode deixar essa tomada de decisão muito mais fácil. A chegada da Alexa foi anunciada em outubro de 2019, então 2020 poderá ser um ano que vamos assistir o crescimento da utilização das assistentes virtuais nos lares brasileiros.

Porém, nem tudo é maravilha. Ao mesmo tempo que as assistentes virtuais são excelentes para deixar os dias das pessoas mais fáceis e as casas mais inteligentes e quem sabe futuramente a vida e as casas dos brasileiros, elas ficaram envolvidas em uma controvérsia no ano de 2019.

Além da Amazon Echo e da Google Home, a Apple também entrou na competição. Mesmo o seu aparelho não sendo muito popular, já que foi lançado apenas em 2018, ele se mostra o mais seguro em questão de privacidade. Tanto a Amazon e a Google foram acusadas de usarem as informações gravadas nas assistentes virtuais, as empresas afirmaram fazer isso para estudarem e melhorarem as inteligências artificiais, mas os usuários viram isso como mais uma forma de controle de informações e falta de privacidade.

A questão de privacidade é uma das maiores preocupações do mundo atual, e como foi apontado acima, essas inteligências artificiais estão ficando cada vez mais poderosas e se utilizadas de forma negativa, podem causar muitos problemas. A questão que fica, as empresas de tecnologias, Facebook, Google, Amazon e Apple etão investindo pesado em inteligência artificial, mas será que isso é para melhorar a vida das pessoas ou terem cada vez mais controle da sociedade? Provavelmente um pouco dos dois, e próxima questão que fica é como conseguimos nos proteger?

O que está sendo falado no blog

No Post found.

Veja mais artigos publicados neste dia…

Compartilhe:
Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.