Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

Audacious 4.1 lançado com Dual Qt+ GTK Build, suporte inicial para Qt 6

E foi lançado o Audacious 4.1 com Dual Qt+ GTK Build, suporte inicial para Qt 6. Confira as novidades dessa importante atualização.

O reprodutor Audacious é um incrível player de áudio de código aberto, um descendente do XMMS com foco no baixo consumo de recursos, na alta qualidade de áudio e no suporte para uma ampla gama de formatos de áudio.

Esse aplicativo é desenvolvido com baixo uso de recursos e alta qualidade de áudio em mente. Ele vem com plugins como hotkeys globais, letras, MPRIS v2, Scrobbler, Spectrum Analyzer, efeitos como Crystalizer, Voice Removal, Crossfade, Extra Stereo e muito mais.

Além disso, sua interface Winamp-like suporta as capas de Winshamp 2.x wsz, e ele contém reprodução contínua embutida e suporta plugins e peles do Winamp 2.

Esse é um software que teve sua primeira versão lançada em 1997, mas o fez sob o nome de XMMS. Era uma alternativa gratuita ao famoso Windows WinAmp e mais tarde foi renomeada como Audacious.

Agora, seus desenvolvedores lançaram o Audacious 4.1, como o primeiro lançamento importante para a última série 4.0, adicionando várias melhorias e correções de bugs.

Novidades do Audacious 4.1

Audacious 4.1 lançado com Dual Qt+ GTK Build, suporte inicial para Qt 6
Audacious 4.1 lançado com Dual Qt+ GTK Build, suporte inicial para Qt 6

Já se passou quase um ano desde que o Audacious 4.0 viu a luz do dia como uma grande nova versão com suporte ao Qt 5 e numerosos acréscimos, e agora o Audacious 4.1 está aqui com suporte inicial para o framework de aplicação de código aberto Qt 6 de próxima geração, tornando o Experiência Qt UI mais moderna, e um Qt+ GTK duplo construído por padrão.

Isso tornaria muito mais fácil alternar entre os modos Qt e GTK, o que pode ser feito diretamente na janela Configurações, sem editar arquivos .desktop. Além disso, os usuários do Linux ficarão satisfeitos em saber que o suporte para o sistema de construção Meson agora está completo.

O Audacious 4.1 também apresenta um novo plugin Global Hotkeys para a compilação Qt, a capacidade de buscar com a roda do mouse na IU do Qt, equalizador acoplável, Equalizer Presets e janelas do gerenciador de filas, suporte para exibição de contagem de canais na janela Song Info, e suporte para o mixer de canais para converter 2 a 4 canais.

Além disso, o novo plug-in do módulo rastreador baseado em OpenMPT que foi adicionado no Audacious 4.0 agora é usado por padrão em vez do ModPlug, links simbólicos agora são seguidos ao adicionar pastas, a faixa atualmente sendo reproduzida agora é exibida usando uma fonte em negrito e a lista de reprodução o indicador de arrastar e soltar agora está mais visível.

Entre outras mudanças dignas de nota, o Audacious 4.1 permite que os usuários desabilitem a arte do álbum na barra de informações e definam tempos limite personalizados para notificações na área de trabalho.

Além disso, os envios do scrobbler agora incluem informações do artista do álbum.

Duas novas traduções de idiomas também foram adicionadas nesta versão, para usuários albaneses e eslovenos, e vários bugs que estavam presentes nas versões anteriores foram eliminados para tornar o Audacious mais estável e confiável para o uso diário, como você pode ver na íntegra da nota de lançamento.

Como instalar ou atualizar o Audacious

Você pode baixar o Audacious 4.1 agora mesmo a partir do site oficial, onde também encontrará instruções sobre como instalar o aplicativo no Arch Linux, Fedora Linux, Debian GNU / Linux, Ubuntu, Linux Mint e Gentoo.

Nos próximos dias, ele deverá aparecer nos centros de software das diferentes distribuições Linux.

Para instalar a versão mais recente do Audacious no Ubuntu Linux, use esse tutorial:
Como instalar versão mais recente do Audacious no Ubuntu

Compartilhe:
Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.