Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

Audacious 4 lançado com base em Qt 5 e novos recursos

E foi lançado o Audacious 4 com base em Qt 5 e novos recursos. Confira as novidades dessa importante atualização.

O Audacious é um incrível player de áudio de código aberto, um descendente do XMMS com foco no baixo consumo de recursos, na alta qualidade de áudio e no suporte para uma ampla gama de formatos de áudio.

Audacious 4 lançado com base em Qt 5 e novos recursos
Audacious 4 lançado com base em Qt 5 e novos recursos

Esse aplicativo é desenvolvido com baixo uso de recursos e alta qualidade de áudio em mente. Ele vem com plugins como hotkeys globais, letras, MPRIS v2, Scrobbler, Spectrum Analyzer, efeitos como Crystalizer, Voice Removal, Crossfade, Extra Stereo e muito mais.

Além disso, sua interface Winamp-like suporta as capas de Winshamp 2.x wsz, e ele contém reprodução contínua embutida e suporta plugins e peles do Winamp 2.

Esse é um software que teve sua primeira versão lançada em 1997, mas o fez sob o nome de XMMS. Era uma alternativa gratuita ao famoso Windows WinAmp e mais tarde foi renomeada como Audacious.

Agora, no fim de semana, seus desenvolvedores lançaram o Audacious 4.0, com as principais notícias de que ele foi baseado no Qt 5 por padrão.

Novidades do Audacious 4

Como lemos na nota de lançamento,

“A interface do usuário do Qt ficou bastante polida por enquanto. Será bastante familiar para os usuários da interface do usuário do GTK2, mas também traz algumas melhorias interessantes, como uma exibição de lista de reprodução mais fácil de navegar e classificar.”

Abaixo está a lista de novidades que chegaram neste fim de semana com o Audacious 4.0.

  • Clicar nos títulos das colunas da lista de reprodução classifica a lista de reprodução.
  • Arrastar os títulos das colunas na lista de reprodução altera a ordem das colunas.
  • Configuração de todo o aplicativo para tamanhos de etapas de volume e tempo.
  • Nova opção para ocultar as guias da lista de reprodução.
  • Classificar lista de reprodução por caminho agora classifica as pastas após os arquivos.
  • Foram implementadas chamadas MPRIS adicionais para compatibilidade com o KDE 5.16+.
  • Novo plugin do módulo rastreador baseado no OpenMPT.
  • Novo plug-in de exibição do medidor VU.
  • Adicionada opção para usar um proxy de rede SOCKS.
  • O plugin Song Change agora funciona no Windows.
  • Novos comandos “Próximo álbum” e “Álbum anterior”.
  • O editor de tags na interface do usuário do Qt agora pode editar vários arquivos de uma vez.
  • Janela de predefinições do equalizador implementada para Qt UI.
  • O plugin de letras ganhou a capacidade de salvar e carregar letras localmente.
  • Visualizações do Blur Scope e Spectrum Analyzer portadas para Qt.
  • Selecionando a fonte de som do plug-in MIDI portada para Qt.
  • O plug-in de saída JACK recebeu algumas novas opções.
  • Adicionada opção para loop infinito de arquivos PSF.
  • Corrigido o ícone embaçado no Windows.
  • As entradas da planilha CUE em uma lista .m3u agora foram adicionadas corretamente.
  • Pequenas correções no gerenciamento do fluxo de saída.
  • Suporte experimental para construir com o Meson.
  • Seu tarball agora disponível

Para saber mais sobre essa versão do Audacious, acesse a nota de lançamento.

Como instalar ou atualizar o Audacious 4

No momento da redação deste artigo, o Audacious 4.0 estava disponível apenas como um “tarball“, que pode ser baixado e compilado.

Nos próximos dias, ele deverá aparecer nos centros de software das diferentes distribuições Linux.

Para instalar a versão mais recente do Audacious no Ubuntu Linux, use esse tutorial:
Como instalar versão mais recente do Audacious no Ubuntu

O que está sendo falado no blog

Categorias Arch, bodhi, CentOS, Debian, Deepin, Elementary, Fedora, Gentoo, Kali, Kylin, Linux, Linux Mint, Mageia, Manjaro, Open Source, openSUSE, Pop!_OS, RedHat, Sabayon, Scientific, Software livre, Solus, SUSE, Tecnologia, Trisquel, Tutorial, Ubuntu, Zorin Tags , , , , ,

Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.