Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

AUR para o Ubuntu? Conheça o Pacstall

Se você gosta do que ele faz e quer um AUR para o Ubuntu, conheça o Pacstall, uma nova ferramenta que traz essa função para o sistema da Canonical.

Um software pode ser instalado em qualquer distribuição Linux por vários meios. Um são os repositórios oficiais, mas também podemos usar pacotes flatpak, snap e AppImage, entre outros.

Além de tudo isso, o Arch Linux possui o AUR, um repositório da comunidade no qual encontramos praticamente todos os softwares que existem para Linux e que, se não sabemos como compilar, podemos gerenciar com yay.

Por exemplo, no AUR encontramos extensões para o GIMP que, de outra forma, teríamos que procurar, causando inveja em outras distribuições.

E, para tentar compensar essa falta no Ubuntu, existe o Pacstall.

AUR para o Ubuntu? Conheça o Pacstall

AUR para o Ubuntu? Conheça o Pacstall
AUR para o Ubuntu? Conheça o Pacstall

Sim. O Pacstall seria um AUR para o Ubuntu. No papel, Pacstall parece muito bom. Trata-se de uma ferramenta para automatizar instalações de software hospedado no GitHub ou GitLab no Ubuntu.

Ele nasceu há pouco mais de um ano, então podemos dizer que está dando os primeiros passos, mas, pelo menos agora, os usuários de um sistema operacional baseado em Arch só podem se divertir com a enorme diferença.

A equipe da Pacstall está enviando os pacotes para o repositório oficial do projeto, e esta é a principal diferença do AUR. O repositório da comunidade Arch existe há anos e tudo está lá.

No que pretende ser seu equivalente para o Ubuntu, eles fazem upload de pacotes há muito pouco tempo, então a lista de pacotes disponíveis é curta.

A dúvida que tenho depois de experimentá-lo e ler a documentação sobre ele é como será no futuro.

Este tipo de gerenciador de pacotes permite adicionar repositórios, mas no momento a instalação falha porque o arquivo pacscript necessário para instalar os pacotes está faltando.

Se no futuro eles corrigirem isso (ou se eu estiver fazendo algo errado e alguém souber o que é, diga-me), pode não ser AUR, mas é uma ferramenta muito interessante.

E como funciona?

A primeira coisa a fazer é instalá-lo, algo que conseguiremos abrindo um terminal e digitando estes comandos:
sudo apt install curl
sudo bash -c "$(curl -fsSL https://git.io/JsADh || wget -q https://git.io/JsADh -O -)"

A partir daí, o resto é como apt, pacman, dnf, etc, mas à sua maneira:
pacstall seguido por:
-I: instalará o pacote.
-R: irá remover o pacote.
-S: irá pesquisar os repositórios.
-A: irá adicionar um repositório do GitHub ou GitLab.
-U: atualizará os scripts do pacstall.
-Up: atualizará os pacotes.
-h: ajuda.

E, se quisermos desinstalá-lo, o que temos que escrever é o seguinte:
bash -c "$(curl -fsSL https://git.io/JEZbi || wget -q https://git.io/JEZbi -O -)"

Seria bom se o Ubuntu tivesse seu próprio AUR, e não sei se o Pacstall algum dia se parecerá com ele, mesmo que minimamente. No momento, existem pacotes como Android Studio ou Google Chrome.

Mas, se a comunidade se inscrever para colaborar, veremos até onde vai esse projeto, e quem sabe finalmente teremos realmente um AUR para o Ubuntu.

Compartilhe:
Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.