Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

Canonical lançou uma atualização para solucionar três vulnerabilidades

Para deixar o Ubuntu ainda mais seguro, a Canonical lançou uma atualização para solucionar três vulnerabilidades. Confira os detalhes desse update e veja como atualizar.

Sempre trabalhando para deixar o seu sistema o mais seguro possível, a Canonical não poupa esforços para entregar as mais recentes correções para falhas de segurança.

Canonical lançou uma atualização para solucionar três vulnerabilidades
Canonical lançou uma atualização para solucionar três vulnerabilidades

E agora, a Canonical lançou hoje uma nova atualização de segurança do kernel Linux para todas as versões suportadas do Ubuntu, para solucionar três vulnerabilidades em todas as arquiteturas suportadas.

A nova atualização de segurança do kernel Linux resolve três vulnerabilidades que afetam o Ubuntu 19.04 (Disco Dingo), Ubuntu 18.04 LTS (Bionic Beaver), Ubuntu 16.04 LTS (Xenial Xerus), Ubuntu 14.04 ESM (Trusty Tahr) e Ubuntu 12.04 ESM (Precise Pangolin).

Canonical lançou uma atualização para solucionar três vulnerabilidades

O primeiro problema de segurança solucionado nesta atualização é um estouro de buffer (CVE-2019-14835) descoberto por Peter Pi na implementação de virtio network backend (vhost_net) do kernel do Linux, o que poderia permitir que um invasor no sistema convidado execute código arbitrário no SO host ou travar o sistema operacional host, causando uma negação de serviço.

As segunda e terceira falhas de segurança do kernel Linux (CVE-2019-15031 e CVE-2019-15030) afetaram as arquiteturas do PowerPC, que trataram incorretamente as exceções do Facility Indisponível e as interrupções em determinadas situações, e isso poderia permitir que um invasor local exponha informações confidenciais.

Enfim, essas são as novas versões do kernel Linux para sistemas de 32 e 64 bits, mas o patch de segurança de hoje também está disponível para dispositivos Raspberry Pi 2, processadores Snapdragon e OEM, ambientes em nuvem, bem como Oracle Cloud, Amazon Web Services (AWS- HWE), Amazon Web Services (AWS), Google Cloud Platform (GCP), Google Container Engine (GKE), Google Container Engine (GKE) e sistemas em nuvem do Microsoft Azure.

Todos os usuários devem atualizar seus sistemas imediatamente

A Canonical pede a todos os usuários do Ubuntu que atualizem seus sistemas o mais rápido possível para as novas versões do kernel Linux, que são linux-image 5.0.0-29.31 no Ubuntu 19.04 e Ubuntu 18.04.3 LTS, linux-image 4.15.0-64.73 no Ubuntu 18.04 LTS e Ubuntu 16.04.6 LTS, imagem de linux 4.4.0-164.192 no Ubuntu 16.04 LTS e Ubuntu 14.04 ESM e imagem de linux 3.2.0-143.190 no Ubuntu 12.04 ESM.

Para atualizar as instalações do Ubuntu para as novas versões do kernel Linux, você pode seguir as instruções fornecidas pela Canonical em https://wiki.ubuntu.com/Security/Upgrades ou executar o ‘sudo apt-get update && sudo apt-get full-upgrade‘ em um emulador de terminal.

Certifique-se de reiniciar seus sistemas após instalar as novas versões do kernel Linux e também recompilar quaisquer módulos de terceiros que você possa ter instalado.

O que está sendo falado no blog

Veja mais artigos publicados neste dia…

Compartilhe:
Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.