Como instalar o Carnê Leão no Linux manualmente (2015 até 2020)

Se você está com dificuldade para instalar o Carnê Leão no Linux, veja como fazer isso de um jeito simples, prático e que funciona em qualquer distribuição Linux.

Quem recebe valores como pessoa física, sem ter qualquer vínculo empregatício, precisa recolher o imposto de renda mensalmente.

Como instalar o Carnê Leão no Linux manualmente
Como instalar o Carnê Leão no Linux manualmente

Na verdade, tem mais detalhes além disso, então, consulte seu contador ou a Receita Federal, ok?.

Para fazer esse recolhimento mensal, é preciso usar o programa Carnê Leão. E se você usa Linux, o programa está disponível na página da Receita Federal em uma versão multiplataforma.

Nesse tutorial, você verá como fazer para instalar o programa em qualquer distribuição Linux.

Mais sobre programas da Receita Federal para Linux

Preparando o sistema para instalar o Carnê Leão no Linux

Um dos pré requisitos para o programa é a instalação do Java mais recente, para isso, veja os tutoriais abaixou ou acesse esse link e siga as instruções dele:

Como instalar Java no Linux manualmente
Java no Ubuntu: veja como instalar o OpenJDK 8 nas versões LTS 12.04 e 14.04
Como instalar as versões 6, 7 ou 8 do Oracle Java no Ubuntu
Como instalar o Oracle Java 8 no Debian via repositório

Como instalar o Carnê Leão no Linux

Para instalar o Carnê Leão no Linux, faça o seguinte:

Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Se for necessário, caso já tenha feito alguma instalação manual e ainda não tenha cadastrado nada no programa, apague a pasta e o atalho anterior com esses comandos;

sudo rm -Rf /opt/leao/
sudo rm -Rf /usr/share/applications/leao.desktop

Passo 3. Para fatos ocorridos em 2015, use o comando abaixo para baixar o programa. Se o link estiver desatualizado, acesse essa página, baixe a última versão (selecionando a opção multiplataforma) e salve-o com o nome leao.zip:

wget --no-check-certificate http://www.receita.fazenda.gov.br/Publico/programas/irpf/2015/CarneLeao/Java/LEAO2015v1.4.zip -O leao.zip

Passo 4. Para fatos ocorridos em 2016, use o comando abaixo para baixar o programa. Se o link estiver desatualizado, acesse essa página, baixe a última versão (selecionando a opção multiplataforma) e salve-o com o nome leao.zip:

wget --no-check-certificate http://downloadirpf.receita.fazenda.gov.br/irpf/2016/carne-leao/LEAO2016v1.1.zip -O leao.zip

Passo 5. Para fatos ocorridos em 2017, use o comando abaixo para baixar o programa. Se o link estiver desatualizado, acesse essa página, baixe a última versão (selecionando a opção multiplataforma) e salve-o com o nome leao.zip:

wget --no-check-certificate https://downloadirpf.receita.fazenda.gov.br/irpf/2017/carne-leao/LEAO2017v1.1.zip -O leao.zip

Passo 6. Para fatos ocorridos em 2018, use o comando abaixo para baixar o programa. Se o link estiver desatualizado, acesse essa página, baixe a última versão (selecionando a opção multiplataforma) e salve-o com o nome leao.zip:

wget --no-check-certificate https://downloadirpf.receita.fazenda.gov.br/irpf/2018/carne-leao/LEAO2018v1.1.zip -O leao.zip

Passo 7. Para fatos ocorridos em 2019, use o comando abaixo para baixar o programa. Se o link estiver desatualizado, acesse essa página, baixe a última versão (selecionando a opção multiplataforma) e salve-o com o nome leao.zip:

wget --no-check-certificate https://downloadirpf.receita.fazenda.gov.br/irpf/2019/leao/LEAO2019v1.0.zip -O leao.zip

Passo 8. Para fatos ocorridos em 2020, use o comando abaixo para baixar o programa. Se o link estiver desatualizado, acesse essa página, baixe a última versão (selecionando a opção multiplataforma) e salve-o com o nome leao.zip:

wget --no-check-certificate http://downloadirpf.receita.fazenda.gov.br/irpf/2020/leao/LEAO2020v1.0.zip -O leao.zip

Passo 9. Use o comando a seguir para descompactar o arquivo baixado;

sudo unzip leao.zip -d /opt/

Passo 10. Renomeie a pasta criada;

sudo mv /opt/LEAO*/ /opt/leao/

Passo 11. Se seu ambiente gráfico atual suportar, crie um lançador para o programa, executando o comando abaixo;

echo -e '[Desktop Entry]\n Version=1.0\n Name=leao\n Exec=java -server -Xms128M -Xmx512M -jar /opt/leao/PgdCarneLeao.jar\n Icon=/opt/leao/RFB.ico\n Type=Application\n Categories=Application' | sudo tee /usr/share/applications/leao.desktop

Pronto! Agora, quando quiser iniciar o programa, digite java -server -Xms128M -Xmx512M -jar /opt/leao/PgdCarneLeao.jar em um terminal, seguido da tecla TAB.

Já se a sua distribuição suportar, coloque o atalho na sua área de trabalho usando o gerenciador de arquivos do sistema ou o comando abaixo, e use-o para iniciar o programa.

sudo chmod +x /usr/share/applications/leao.desktop
cp /usr/share/applications/leao.desktop  ~/Área\ de\ Trabalho/

Se seu sistema estiver em inglês, use este comando para copiar o atalho para sua área de trabalho:

cp /usr/share/applications/leao.desktop ~/Desktop

Para mais detalhes sobre essa tarefa, consulte esse tutorial:
Como adicionar atalhos de aplicativos na área de trabalho do Unity

Se quiser, você também pode usar o gerenciador de arquivos do sistema para executar o programa, apenas abrindo a pasta dele e clicando em seu executável.

Como remover o Carnê Leão no Linux

Para remover o Carnê Leão no Linux, basta fazer uma cópia de segurança dos seus dados e depois executar os seguintes comandos:

sudo rm -Rf /opt/leao/
sudo rm -Rf /usr/share/applications/leao.desktop

O que está sendo falado no blog

<a href="https://www.edivaldobrito.com.br////” rel=”noopener noreferrer” target=”_blank”>Veja mais artigos publicados neste dia…

Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

Bloqueador de anúncios detectado!!!

Nosso site precisa de publicidade para existir. Por favor, insira-o na lista de permissões/lista branca para liberar a exibição de anúncios e apoiar nosso site. Nosso conteúdo é GRATUITO, e tudo o que pedimos é isso!