Cawbird 1.5 lançado com um botão para recarregar imagem

Edivaldo Brito
3 Min Read
Cawbird 1.5 lançado com um botão para recarregar imagem

E foi lançado o Cawbird 1.5 com um botão para recarregar imagem, e mais. Confira as novidades e veja como instalar no Linux.

Cawbird é um fork do Corebird. Ele é um cliente de twitter GTK+ nativo que fornece recursos vitais, como mensagens diretas (DMs), notificações de tweets, visualizações de conversas.

O Corebird ficou sem suporte depois que o Twitter desativou a API de streaming. Por isso, o Cawbird assumiu o compromisso de trabalhar com as novas APIs e inclui algumas correções e modificações.

Ou seja, o Cawbird é um fork do cliente de twitter Corebird GTK, que continua a trabalhar com o Twitter no Linux.

Cawbird é um cliente Twitter moderno e leve para o desktop GNOME 3. Possui imagens embutidas e visualização de vídeo, criação de listas e favoritos, filtragem de tweets e pesquisa de texto completo. E o Cawbird é capaz de gerenciar várias contas do Twitter.

Cawbird trabalha com as novas APIs e inclui algumas correções e modificações que foram historicamente corrigidas no Corebird personalizado do IBBoard em sua conta pessoal Open Build Service.

Devido às mudanças na API do Twitter, Cawbird tem as seguintes limitações: O Cawbird será atualizado a cada dois minutos, Cawbird não é notificado sobre o seguinte, que será atualizado na reinicialização: Unfavourite, Follow/Unfollow, Block/Unblock, Mute/Unmute, Deleção DM e algumas mudanças na lista.

Agora, foi lançada a versão mais recente desse importante aplicativo, o Cawbird 1.5, com muitos novos recursos, melhorias, correções de bugs.

Novidades do Cawbird 1.5

Cawbird 1.5 lançado com um botão para recarregar imagem
Cawbird 1.5 lançado com um botão para recarregar imagem

Não há grandes novidades neste lançamento. Mas se você tem uma conexão de rede ruim como eu, e qualquer imagem falhou ao carregar no Cawbird, agora existe o botão ‘recarregar imagem’ que pode ajudar a recarregá-la.

A nova versão agora lida de forma limpa e clara com contas “retidas” e oculta tweets retidos. E corrigiu o seletor de emojis em locais diferentes do inglês, adicionou suporte à paginação de perfis bloqueados. Para saber mais, consulte a página de lançamentos do Github.

Para saber mais sobre essa versão do Cawbird, acesse a nota de lançamento.

Como instalar ou atualizar o Cawbird

Para instalar a versão mais recente do Cawbird nas principais distribuições Linux, use esse tutorial:
Como instalar o cliente Twitter Cawbird no Linux via Flatpak
Como instalar o cliente Twitter Cawbird no Linux via Snap
Como instalar o cliente Twitter Cawbird no Ubuntu e derivados

Share This Article
Follow:
Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.
Leave a comment

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.