Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

Chrome 91 terá suporte a solicitações WebSocket sobre HTTP/2

Em breve o Chrome 91 terá suporte a solicitações WebSocket sobre HTTP/2. Confira as novidades desse update e veja como instalar no Linux.

O fato de que o Google Chrome ainda é o navegador mais usado no planeta o torna uma das mais importantes ferramentas de controle da web para o Google.

Mas independente disso, o Chrome é o navegador do Google e também o navegador número um no mercado, com uma participação de mais de 65%, de acordo com dados de terceiros da NetMarketShare.

E em, em breve será lançado o Chrome 91, ou seja, ele foi promovido para o canal Stable. Dito isso, o Chrome 92 é a nova versão Beta e o Chrome 93 será a versão Canary.

Novidades do Chrome 91

Chrome 91 terá suporte a solicitações WebSocket sobre HTTP/2
Chrome 91 terá suporte a solicitações WebSocket sobre HTTP/2

Esta é a última grande atualização de seu navegador, embora a maioria das mudanças importantes sejam destinadas aos desenvolvedores. Então, eu diria que sim, é uma atualização com alguma importância porque não é tricotada, mas não ficará para a história como uma das mais emocionantes.

A versão anterior veio com mudanças como a nova API para realidade aumentada ou suporte para criptografia AV1, e entre as novidades mais marcantes que chegaram junto com o Chrome 91 temos melhorias em outra API, a de acesso ao sistema de arquivos, ou a suporte para transferência automática de OTP (senhas de uso único) de SMS.

Abaixo você tem uma lista das mudanças mais interessantes:

  • Melhorias na API de acesso ao sistema de arquivos.
  • Suporte para transferência automática de OTP. A API WebOTP também foi aprimorada.
  • A novidade que permite colar arquivos somente leitura da área de transferência, o que era esperado no Chrome 90, será ativada a partir de hoje.
  • A porta 10080 será bloqueada porque 554 já foi bloqueada para HTTP, HTTPS e FTP.
  • Suporte para solicitações WebSocket sobre HTTP / 2.
  • Uma API foi introduzida para que os desenvolvedores possam exportar seus aplicativos para a web, já que os aplicativos do Chrome serão descontinuados no próximo mês.
  • Suporte para JSON.
  • Outras melhorias para desenvolvedores.
  • Correções de bugs e melhorias de segurança.

Para saber mais sobre essa versão do Chrome, acesse a nota de lançamento.

O lançamento do Chrome 91 será oficial a qualquer momento, então ele aparecerá em breve como uma atualização e pode ser baixado de seu site.

A partir daí, os usuários do Linux farão o download de um pacote compatível com a nossa distribuição, embora em outros, como os baseados no Arch Linux, também possamos encontrá-lo no AUR. Por serem repositórios mantidos pela comunidade, provavelmente vai demorar um pouco mais para chegar nesses casos.

Como instalar ou atualizar o Chrome

Os usuários de Android e iOS podem atualizar o Chrome em suas respectivas lojas de aplicativos.

Já os usuários de desktop Windows, Mac e Linux podem atualizar para o Chrome mais recente acessando Configurações -> Ajuda -> Sobre o Google Chrome e o navegador verificará automaticamente a nova atualização e a instalará se e quando disponível.

Ou para instalar a versão mais recente do Chrome nas principais distribuições Linux, use um desses tutoriais:
Google Chrome no Linux Ubuntu, Debian, Fedora, Arch e derivados – veja como instalar
Como instalar o Google Chrome no Fedora e derivados
Como instalar o Google Chrome no Ubuntu e derivados

Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.