Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

Clonezilla Live 2.6.7 lançado com suporte ao exFAT melhorado e Kernel 5.7

E foi lançado o Clonezilla Live 2.6.7 com suporte ao exFAT melhorado e Kernel 5.7. Confira as novidades e descubra onde baixar a distro.

O Clonezilla Live é um sistema live baseado no Debian que contém o Clonezilla, um software de partição e clonagem de disco semelhante ao Norton Ghost.

Ele salva e restaura apenas os blocos usados no disco rígido. Com o Clonezilla, é possível clonar um sistema de 5 GB para 40 clientes em cerca de 10 minutos.

Agora, Clonezilla Live 2.6.7 foi lançado como uma nova versão estável desse popular sistema Linux de clonagem e particionamento de discos.

Novidades do Clonezilla Live 2.6.7

Clonezilla Live 2.6.7 lançado com suporte ao exFAT melhorado e Kernel 5.7
Clonezilla Live 2.6.7 lançado com suporte ao exFAT melhorado e Kernel 5.7

Clonezilla Live 2.6.7 chegou para levar o kernel à última versão, a 5.7. O kernel Linux 5.7.6 está incluído na nova imagem ISO, que foi totalmente sincronizada com o repositório Debian Sid upstream em 30 de junho de 2020.

Como já é bastante relatado, o kernel 5.7 do Linux vem com uma implementação nova e aprimorada do sistema de arquivos exFAT.

Portanto, a partir do Clonezilla Live 2.6.7, o desenvolvedor removeu o pacote exfat-fuse, pois não é mais necessário para suportar unidades formatadas exFAT.

O suporte ao sistema de arquivos XFS também foi melhorado nesta versão, que vem com a ferramenta Partclone 0.3.14 para fazer backup de partições, ferramentas Xen para provisionamento e instalação de VMs, além de um mecanismo melhor para lidar com linuxefi/initrdefi ou linux/initrd na configuração do GRUB.

Falando sobre o GRUB, o arquivo grub-header.cfg foi movido do bootx64.efi para o grub.cfg para obter melhor flexibilidade e o arquivo netboot agora é como grub.cfg-drbl-00:50:56:01:01:01 e grub .cfg-drbl-192.168.177.2 para evitar um conflito com o patch GRUB das distribuições Fedora e CentOS Linux.

Por fim, o Clonezilla Live 2.6.7 atualiza as ferramentas ocs-iso e ocs-live-dev para poder sincronizar arquivos relacionados ao syslinux ao copiar arquivos exec do syslinux.

Além disso, vários bugs foram resolvidos nas ferramentas ocs-function, ocs-sr, ocs-chkimg, dcs e ocs-onthefly. Mais detalhes sobre essas correções nas notas de versão.

Para saber mais sobre essa versão da distribuição, acesse a nota de lançamento.

Baixe e experimente o Clonezilla Live 2.6.7

A imagem ISO do Clonezilla Live 2.6.7 já pode ser baixada acessando a página de download da distribuição.

Verifique se a imagem ISO está corrompida

Antes de gravar a imagem ISO que você baixou, verifique se ela está corrompida usando o tutorial abaixo:
Como verificar se uma imagem ISO está corrompida

Como gravar uma imagem ISO no Linux

Quem precisar gravar a imagem ISO após o download, pode usar esse tutorial do blog:

Como gravar uma imagem ISO Usando o Nautilus
Como gravar uma imagem ISO usando o Terminal
Como criar um pendrive de instalação
Como criar um pendrive inicializável com GNOME Disks
Como criar um pendrive inicializável com o Etcher no Linux

O que está sendo falado no blog

Categorias bodhi, Deepin, Elementary, Kylin, Linux, Linux Mint, Open Source, Pop!_OS, Software livre, Tecnologia, Tutorial, Ubuntu, Zorin Tags , , , , ,

Compartilhe:
Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.