Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

Collabora continua a melhorar o suporte a Chromebooks no kernel 4.19

A Collabora continua a melhorar o suporte a Chromebooks no kernel 4.19. Confira o resumo das contribuições dos funcionários dela para o kernel 4.19.


O ciclo de desenvolvimento do kernel do Linux 4.19 foi longo, com nada menos que oito RCs (Release Candidates), mas resultou em um kernel mais poderoso que traz muitas coisas boas.

Collabora continua a melhorar o suporte a Chromebooks no kernel 4.19
Collabora continua a melhorar o suporte a Chromebooks no kernel 4.19

O kernel do Linux está sendo desenvolvido por diversos colaboradores em todo o mundo e mantido por Linus Torvalds, com o apoio da Linux Foundation.

Dentre os vários desenvolvedores, muitos são pessoas comuns, outros são membros ativos de grupos entusiastas de software livre, e tem até funcionários de empresas de tecnologia (sendo alguns de grandes players do mercado).

Para o kernel 4.19 do Linux, nove desenvolvedores do Collabora contribuíram com um total de 87 correções, além de 125 tags assinadas, 14 tags revisadas e 8 tags testadas.

Collabora continua a melhorar o suporte a Chromebooks no kernel 4.19

Continuando a melhorar o suporte a Chromebooks, as contribuições da Collabora para o kernel Linux 4.19 incluem limpezas no ChromeOS Embedded Controller e dispositivos blacklight alimentados por PWM, suporte para a placa Ficus RK3399 de 96 placas (ROCK960 Enterprise Edition) e um driver funcionando para Rockchip 2D Raster Graphic Acceleration (RGA).

Eles também melhoraram a validação dos buffers do driver de classe do dispositivo de vídeo USB para evitar que os aplicativos travassem ou reportassem falhas em tempo de execução, atualizados vários drivers DRM para armazenar objetos GEM diretamente no drm_framebuffer e suporte aprimorado para a placa Lightwriter Toby-Churchill SL50, Rockchip rk3399 SoC, assim como a placa Ficus.

Outras contribuições notáveis ​​incluem a adição de informações do regulador 3v3 e habilitado contadores de hardware e PMU para o monitor biométrico GE Healthcare PPD, suporte aprimorado para o TI SoC com display LCDC, atualização das informações EDID para os fones de ouvido HTC Vive Vive Pro VR e melhoramento documentação para dispositivos Rockchip rk3399 DMC (Dynamic Memory Controller).

Entre as correções de erros, podemos mencionar que o Collabora corrigiu o tempo de stream quebrado no Virtual Video Driver (vívido) para renderizar corretamente os quadros no modo de entrelaçamento e também corrigiu vários problemas de race condition na estrutura Media e fez algumas limpezas no Subsistema DRM.

Saiba mais sobre a contribuição da Collabora para o kernel Linux 4.19 nesta postagem do blog.

O que está sendo falado no blog

Compartilhe:
Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.