Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

Criador da criptomoeda Luna está sendo processado por fraude

Não bastasse a recente queda do valor das moedas digitais, agora, o criador da criptomoeda Luna está sendo processado por fraude.

Sim. O desenvolvedor de criptomoedas e criador das infames moedas Luna e TerraUSD (atualmente zeradas), o sul-coreano Do Kwon, é um dos réus em uma ação coletiva que começou na sexta-feira em um tribunal federal dos EUA na Califórnia.

Criador da criptomoeda Luna está sendo processado por fraude

Criador da criptomoeda Luna está sendo processado por fraude
Criador da criptomoeda Luna está sendo processado por fraude

Sim. O criador da criptomoeda Luna está sendo processado por fraude. Essa ação foi movida por um cidadão americano, e, além do CEO, a ação também afeta sua empresa Terraform Lab. Além disso, isso envolve a empresa de infraestrutura Jump Crypto e a gestora Three Arrows Capital.

Nick Patterson (o principal autor da ação), alega na petição inicial que as empresas mencionadas teriam vendido os tokens do projeto Terra, mesmo sendo “ativos transferíveis não registrados”, pois, segundo ele, o comportamento da empresa engana os investidores.

No inicio, quando Kwon lançou o Terraforma Labs em 2019, junto com Daniel Shin, a ideia deles era criar uma criptomoeda para facilitar pagamentos em plataformas como o PayPal.

E o projeto foi bem recebido no mercado, arrecadando mais de US$ 32 milhões em investimentos, e o lançamento inicial das criptomoedas da Terra levantou US$ 62 milhões.

Mas, durante o chamado “inverno cripto” que ocorreu no mês passado, apenas entre os dias 6 e 9 de maio, os preços de Luna e UST caíram cerca de 91% e 99,7%, respectivamente.

Agora, no processo, os advogados alegam que essas ocorrências apenas “expõem a verdade sobre o par” de tokens da Terra.

Criador da criptomoeda Luna está sendo processado por fraude
Criador da criptomoeda Luna está sendo processado por fraude

E desprezando o processo e as catástrofes econômicas, a comunidade do projeto Terra ainda está por perto com Luna. No entanto, não é o mesmo token, mas um diferente usando o mesmo nome.

Só que a moeda antiga agora carrega o apelido clássico de Luna, opera no token LUNC. Agora, o “novo” Luna opera a um valor de negociação de US$ 2,06. O antigo, por sua vez, tem um preço de US$ 0,00005829.

Este é o segundo caso que ouvimos que envolve um cidadão americano entrando com uma ação contra uma empresa relacionada a criptomoedas.

Para lembrar, alguns dias atrás, outro cidadão americano decidiu avançar e processar Elon Musk e Dogecoin. Enquanto isso, o maior roubo envolvendo criptomoeda aconteceu na Coreia do Sul.

Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.