Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

DeaDBeeF 1.9 lançado com melhorias e várias correções de bugs

E foi lançado o DeaDBeeF 1.9 com melhorias e várias correções de bugs. Confira as novidades desse update e veja como instalar no Linux.

DeaDBeeF é um reprodutor de músicas cheio de recursos e que utiliza pouquíssima memória RAM.

O Ultimate Music Player DeaDBeeF (como em 0xDEADBEEF) é um player de áudio multiplataforma. Além disso, ele tem um modo de design que permite que você personalize a interface do usuário do jeito que gosta.

Recentemente, foi anunciado o lançamento da nova versão do music player DeaDBeeF 1.9.0, uma versão que chega quase 9 meses após o lançamento da versão corretiva 1.8.8.

Novidades do DeaDBeeF 1.9

DeaDBeeF 1.9 lançado com melhorias e várias correções de bugs
DeaDBeeF 1.9 lançado com melhorias e várias correções de bugs

Nesta nova versão que se apresenta, foram feitas uma série de alterações importantes, bem como várias correções de bugs.

No DeaDBeeF 1.9 foi adicionado suporte HTTPS implementado em builds portáteis usando libmbedtls e o carregamento do Last.fm foi alterado para HTTPS por padrão.

Outra mudança que se destaca é que foi adicionado suporte para retrocesso de arquivos longos para os formatos Opus e FFmpeg, bem como a adição do “modo de design” para a interface baseada no framework Cocoa.

Por outro lado, menciona-se que é proposta uma nova exibição do analisador de espectro e oscilogramas, além da adição de um painel com configurações de exibição e alguns arquivos com traduções foram removidos.

Além disso, também podemos descobrir que a interface GTK foi adicionada para a edição tabular de campos em várias faixas selecionadas ao mesmo tempo e que um botão “+” também foi adicionado à guia da lista de reprodução para criar uma nova lista de reprodução . reprodução.

Das outras mudanças que se destacam nesta nova versão:

  • Um novo downloader de arte do álbum foi proposto.
  • O menu de contexto oferece a possibilidade de ajustar a escala do controle de volume (dB, linear, cúbico).
  • Configuração DSP melhorada na interface GTK.
  • Manipulação aprimorada de arquivos MP3 ruins.
  • Adicionado: novas visualizações do Scope e Spectrum Analyzer
  • Adicionado: Preferências de DSP de interface do usuário GTK aprimoradas (Saivert)
  • Corrigido: desempenho ruim ao salvar listas de reprodução e arquivos de configuração
  • Adicionado: manipulação aprimorada de arquivos MP3 inválidos
  • Adicionado: o scrobbler do Last.fm usará HTTPS por padrão

Para saber mais sobre essa versão do DeaDBeeF, acesse a nota de lançamento.

Como instalar ou atualizar o DeaDBeeF Player

Para instalar a versão mais recente do DeaDBeeF no Linux, use um desses tutoriais:
Como instalar o reprodutor de músicas DeaDBeeF no Linux via Snap
Como instalar o reprodutor de músicas leve DeaDBeeF no Ubuntu

Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.