Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

EA está proibindo usuários Linux de jogar Battlefield V

De acordo com uma entrada no Reddit, a EA está proibindo usuários Linux de jogar Battlefield V. Confira os detalhes e entenda melhor esse problema.

Até recentemente, e de fato ainda é dito, o Linux não era uma plataforma para jogar. O que vem ocorrendo há alguns anos é que podemos jogar muitos títulos graças a serviços como o Steam ou o Feral Interactive, que levam para o Linux, muitos jogos que estavam inicialmente disponíveis apenas para Windows e consoles.

EA está proibindo usuários Linux de jogar Battlefield V
EA está proibindo usuários Linux de jogar Battlefield V

Portanto, por tudo o que avançamos nos últimos anos, uma história relacionada ao Battlefield V e seu desenvolvedor EA chega a ser surpreendente.

Infelizmente, como é possível ler no Reddit, a EA está proibindo os usuários de Linux de jogarem a versão do Battlefield lançada em novembro de 2018.

EA está proibindo usuários Linux de jogar Battlefield V

A proibição é permanente e, pior, parece generalizada, ou É a impressão pelo número de usuários que estão reclamando. Um dos requisitos para “aproveitar” essa proibição é que o Wine, o emulador de software da Microsoft, esteja sendo usado.

No começo, muitos dos usuários banidos eram do FairFight, um servidor usado no BF5 e que possui um mecanismo para evitar trapaças. O que está acontecendo é que o sistema anti-fraude da EA está identificando o DXVK, uma implementação do DirectX baseada em Vulkan que tenta resolver problemas de incompatibilidade, como uma ferramenta de trapaça.

Em suma, o sistema acredita que a camada que faz com que os usuários do Linux possam jogar o Battlefield V seja uma ferramenta ilegal. Ou seja, o mesma recurso que nos permite reproduzir o título que nos impede. Pelo menos é assim no FairFight.

O problema agora é que a EA não tem ideia do que está acontecendo. Quando perguntado, o desenvolvedor diz que, após investigar a conta e a reclamação banidas, eles estimaram que as medidas corretas foram aplicadas e não eliminarão a penalidade. O bug também está acontecendo em outros jogos, como Destiny 2.

Sem dúvida, a bola está no telhado da EA. Quando eles começam a receber mais e mais reclamações, terão que investigar completamente o bug e corrigi-lo, mas no momento os usuários do Linux não podem jogar o Battlefield V, em um dos melhores servidores.

O que está sendo falado no blog

Categorias Arch, bodhi, CentOS, Debian, Deepin, Elementary, Fedora, Gentoo, Kali, Kylin, Linux, Linux Mint, Mageia, Manjaro, Open Source, openSUSE, Pop!_OS, RedHat, Sabayon, Scientific, Software livre, Solus, Tecnologia, Trisquel, Tutorial, Ubuntu, Zorin Tags , , , , , ,

Compartilhe:
Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.