Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

EasyOS 3.2 lançado com mudanças estruturais e muitos novos aplicativos

Barry Kauler anunciou o lançamento do EasyOS 3.2 com mudanças estruturais e muitos novos aplicativos. Confira as novidades e descubra onde baixar a distro.

O EasyOS é uma distribuição experimental do Linux que utiliza muitas das tecnologias e formatos de pacote pioneiros no Puppy Linux.

A distribuição apresenta a tecnologia de contêiner personalizada chamada Easy Containers, que pode executar aplicativos ou todo o ambiente de desktop em um contêiner.

Pacotes, configurações da área de trabalho, rede e compartilhamento de recursos pela rede podem ser controlados por meio de utilitários gráficos.

Agora, Barry Kauler anunciou o lançamento do EasyOS 3.2.

Novidades do EasyOS 3.2

EasyOS 3.2 lançado com mudanças estruturais e muitos novos aplicativos
EasyOS 3.2 lançado com mudanças estruturais e muitos novos aplicativos

Desde a versão 3.1, o EasyOS passou por grandes mudanças estruturais e muitos novos aplicativos foram adicionados.

Algumas das mudanças estruturais incluem uma mudança de apenas ALSA para PulseAudio, aplicativos rodando como seu próprio usuário, perfil de hardware aprimorado para áudio, correções para samba, áudio e vídeo, mais drivers de vídeo, nova pasta de nível superior /files.

As alterações de software incluem uma recompilação de todos os pacotes em OpenEmbedded (OE) e a adição de aplicativos multimídia importantes, como editor de vídeo LiVES, player de vídeo VLC, gravador/streamer de vídeo OBS Studio e editor de desktop Scribus – todos compilados em OE. Os pacotes Qt5 agora são compilados em OE.

Mais pacotes de desenvolvimento no SFS ‘devx’, incluindo controle de origem Mercurial e depurador Nemiver. Inúmeras correções de bugs e melhorias.

Para saber mais sobre essa versão da distribuição, acesse a nota de lançamento.

Baixe e experimente o EasyOS 3.2

A imagem ISO do EasyOS 3.2 já pode ser baixada acessando a página de download da distribuição.

Verifique se a imagem ISO está corrompida

Antes de gravar a imagem ISO que você baixou, verifique se ela está corrompida usando o tutorial abaixo:
Como verificar se uma imagem ISO está corrompida

Como gravar uma imagem ISO no Linux

Quem precisar gravar a imagem ISO após o download, pode usar esse tutorial do blog:

Como gravar uma imagem ISO Usando o Nautilus
Como gravar uma imagem ISO usando o Terminal
Como criar um pendrive de instalação
Como criar um pendrive inicializável com GNOME Disks
Como criar um pendrive inicializável com o Etcher no Linux

O que está sendo falado no blog

Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.