Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

Calamares 3.2 permitirá escolher o visual do KDE Plasma Desktop

Se você acha que um bom instalador é aquele que já te deixa configurar tudo, a boa notícia é que o Calamares 3.2 permitirá escolher o visual do KDE Plasma Desktop. Confira os detalhes dessa novidade.


O Calamares é um instalador de sistema independente de distribuição que possui particionamento avançado com suporte de criptografia de disco completo.

Calamares 3.2 permitirá escolher o visual do KDE Plasma Desktop
Calamares 3.2 permitirá escolher o visual do KDE Plasma Desktop

Calamares é a principal plataforma de instalação para distribuições Linux. Ele é utilizado em distros Linux bastante populares como KaOS, KDE Neon, OpenMandriva, Netrunner, Sabayon, Siduction, Tanglu, Bluestar Linux, Chakra GNU/Linux, GeckoLinux, e outros.

O trabalho na versão 3.2 do Calamares continua em um ritmo acelerado com a primeira versão de desenvolvimento, que já entrega uma primeira visualização nos novos recursos e melhorias.

O Calamares 3.2 será a próxima grande atualização desse framework de instalação universal, prometendo uma infinidade de novos recursos atraentes e aprimoramentos para desenvolvedores de sistemas operacionais, que desejam implementá-lo como instalador gráfico padrão em seus próximos lançamentos, como por exemplo, o Lubuntu Next 18.04 (Bionic Beaver).

Calamares 3.2 permitirá escolher o visual do KDE Plasma Desktop

Um desses novos recursos é um módulo para o ambiente KDE Plasma, que permitirá que o usuário possa escolher o visual do KDE Plasma Desktop, ainda no instalador. No entanto, o módulo só será habilitado se o KDE Plasma e os Frameworks do KDE estiverem presentes no tempo de construção no sistema de destino.

Sobre o recurso, a equipe Calamares comentou o seguinte:

“Este módulo é habilitado somente quando as estruturas do pacote KDE Plasma e KDE estão disponíveis em tempo de compilação e requer suporte em tempo de execução através da ferramenta de aparência de plasma.”

Portanto, o módulo será desativado por padrão, se esses arquivos de desenvolvimento do KDE Plasma não estiverem presentes.

O lançamento final do Calamares 3.2 deverá acontecer em março de 2018 com muitos outros recursos interessantes, incluindo a capacidade de receber uma notificação por telefone quando uma instalação terminar, suporte para inicialização OpenRC de sistemas de arquivos criptografados, melhor detecção de layouts de teclado e URLs específicas de máquina para o gerenciador de atualização.

Haverá também um relatório de erros dos módulos Python melhorado, melhorias de documentação, novas traduções linguísticas, bem como alguns polimentos e vários locais para uma melhor experiência de instalação.

Conheça melhor o Calamares 3.2

Aqueles que querem começar a trabalahr com o Calamares 3.2 podem baixar e testar o último release candidate, acessando esse link.

O que está sendo falado no blog nos últimos dias


Compartilhe:
Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.