Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

Firefox 96 lançado com melhorias nos vídeos, correções em SSRC, WebRTC e menos ruido

E foi lançado o Firefox 96 com melhorias nos vídeos, correções em SSRC, WebRTC e menos ruido. Confira as novidades e veja como instalar no Linux.

O Mozilla Firefox é o navegador padrão do Ubuntu e de outros sistemas Linux, e geralmente, a última versão do Firefox fica disponível como uma atualização de segurança em todas as versões suportadas das principais distribuições Linux, pouco depois de algumas horas do anúncio da Mozilla, para alegria de seus usuários.

Embora já tenham anunciado seu lançamento em diferentes mídias, o que acontece antes de terça-feira é que a Mozilla carrega a nova versão do navegador em seu servidor, mas o lançamento não é oficial até que atualizem o site com todas as novidades incluídas.

E foi isso que eles acabaram de fazer, portanto, além de poder baixar o Firefox 96 de seu servidor, agora ele pode ser baixado do site oficial.

Novidades do Firefox 96

Firefox 96 lançado com melhorias nos vídeos, correções em SSRC, WebRTC e menos ruido
Firefox 96 lançado com melhorias nos vídeos, correções em SSRC, WebRTC e menos ruido

No Firefox 96, entre os novos recursos, a Mozilla diz que eliminou ruídos e ecos para melhorar a experiência do usuário.

Por outro lado, o Firefox 96 é a primeira versão após a assinatura do acordo com o Linux Mint. Mas não se preocupe, pois não é nada exclusivo; o acordo fará com que o navegador fique como desenvolvido pela Mozilla, e desapareça toda customização (com motores de busca incluídos) do Linux Mint.

Por fim, essa são as novidades do Firefox 96:

  • Melhorias significativas foram feitas na supressão de ruído e controle automático de ganho, bem como pequenas melhorias no cancelamento de eco para oferecer uma melhor experiência geral.
  • A carga da rosca principal também foi significativamente reduzida.
  • O Firefox agora aplicará o cookie policy:Same-Site=lax por padrão, fornecendo uma forte primeira linha de defesa contra ataques Cross-Site Request Forgery (CSRF).
  • No macOS, clicar nos links do Gmail abre em uma nova guia conforme o esperado.
  • Corrigido um problema em que o vídeo parava de funcionar intermitentemente no SSRC.
  • Corrigido um problema em que o WebRTC reduzia a resolução da tela compartilhada para fornecer uma experiência de navegação mais clara.
  • Corrigidos problemas de degradação de qualidade de vídeo em determinados sites.
  • O vídeo em tela cheia foi temporariamente desativado no macOS para evitar alguns problemas de corrupção, alterações de brilho, legendas ausentes e alto uso da CPU.
  • Várias correções de segurança

Para saber mais sobre essa versão do Firefox, acesse a nota de lançamento.

Com instalar o Firefox

Se você instalou o Firefox a partir dos repositórios de software de sua distribuição Linux, terá que esperar um pouco mais para que a nova versão apareça lá, dependendo da rapidez com que os mantenedores de sua distro compilarão o navegador a partir das fontes, provavelmente no final desta semana.

Como de costume, você pode fazer o download da versão mais recente do Firefox no site oficial, mas, como sempre, recomendo que você atualize suas instalações dos repositórios de software estáveis ​​da sua distribuição favorita do Linux quando os pacotes do Firefox aparecerem.

Para instalar a versão estável do Firefox Flatpak, use esse tutorial:
Quer experimentar a versão Flatpak do Firefox? Veja como!

Já os usuários do Linux de distros que não suportam flatpak terão que esperar essa versão do Firefox chegar aos repositórios de software estáveis ​​de suas distribuições favoritas do Linux.

A nova versão estará no repositório oficial do Ubuntu e outras distros em breve. Até lá, quem quiser se adiantar (ou não), deve usar uma das opções abaixo.

Para instalar a versão mais recente do Firefox em qualquer distribuição Linux, use esse tutorial:
Firefox no Linux: veja como instalar manualmente

Você também pode instalar o programa usando esse outro tutorial:
Como instalar o navegador Firefox no Linux via Snap

Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.