Flatpak 1.0 lançado – Confira as novidades e veja como atualizar ou instalar

Confira as novidades do lançamento do Flatpak 1.0 e veja como atualizar ou instalar!

Foi lançado o Flatpak 1.0 com diversas melhorias e novos recursos. Confira as novidades e veja como atualizar ou instalar.


O Flatpak é a tecnologia de próxima geração para a construção e instalação de aplicativos de desktop, que promete revolucionar a forma de instalar programas no Linux.
Flatpak 1.0 lançado - Confira as novidades e veja como atualizar ou instalar
Flatpak 1.0 lançado – Confira as novidades e veja como atualizar ou instalar

Ele é um framework de segurança e distribuição de aplicativos Linux, que anteriormente era chamado de XDG-App e é usado para criar e distribuir aplicativos em desktops Linux.

Essa tecnologia inclui um ambiente de sandbox (caixa de areia), chamada Bubblewrap. Com isso, é possível executar aplicações isoladas do resto do sistema, o que resulta em mais segurança.

O Flatpak rivaliza com o Snap da Canonical para permitir que usuários do Linux instalem as versões mais recentes de aplicativos que não estão disponíveis nos repositórios padrão.

Flatpak 1.0 lançado

Depois de estar em desenvolvimento por mais de três anos, o amplamente utilizado framework de sandboxing e distribuição de aplicativos Flatpak Linux finalmente chegou à versão 1.0.

Isso significa que agora o software está maduro o suficiente para ser implementado e usado em ambientes de produção para distribuição e execução de aplicativos Linux.

Sobre o lançamento, o desenvolvedor Alexander Larsson disse o seguinte:

“Flatpak 1.0 é a primeira versão em uma nova série de lançamentos estáveis. Esta nova série 1.x é a sucessora da série 0.10.x, que foi introduzida pela primeira vez em outubro de 2017. 1.0 é a nova versão padrão do Flatpak e as distribuições são convidadas a atualizar o mais rapidamente possível.”

Destaques do lançamento do Flatpak 1.0 em comparação com a série Flatpak 0.10.0 incluem um novo portal Flatpak para permitir que aplicativos Linux criem sandboxes e reiniciem a si mesmos, muito mais velocidade de instalação e atualizações, suporte para marcação de aplicativos como EOL (fim de vida), bem como um novo modelo de verificação inicial para permissões.

O Flatpak 1.0 pode expor os certificados TLS (Transport Layer Security) do host a aplicativos em área restrita, suporta a mais recente especificação de pacotes OCI, permite que aplicativos em área restrita solicitem acesso ao agente SSH (Secure Shell) para acesso seguro a repositórios Git ou servidores remotos e permite que aplicativos possam acessar dispositivos Bluetooth.

Além disso, o método de instalação P2P (peer-to-peer) para instalar aplicativos Flatpak via unidades flash USB ou rede local agora é habilitado por padrão e suportado em todas as compilações.

Uma nova permissão fallback-x11 foi implementada no Flatpak 1.0 para permitir o acesso ao X11 para aplicativos Flatpaks em execução nas sessões do X11.

O Flatpak 1.0 também introduz uma nova ferramenta chamada flatpak-spawn que pode ser usada para executar comandos do host e criar novas sandboxes a partir de um aplicativo.

Vários novos comandos e opções foram adicionados também nesta versão principal, juntamente com várias outras melhorias e mudanças de dependência.

Sob o capô, o Flatpak 1.0 requer algumas das mais recentes tecnologias Open Source, incluindo OSTree 2018.7, Bubblewrap 0.2.1 ou posterior (versão 0.3.0 é incluída por padrão), e descarta o suporte para sistemas de que suportam xattr.

Os fornecedores de sistemas operacionais Linux são convidados a atualizar ou adotar o lançamento do Flatpak 1.0 para suas versões atuais ou futuras do sistema operacional para oferecer aos usuários a melhor experiência possível em sandboxing de aplicativos Linux.

Para mais detalhes sobre esse lançamento, um changelog completo está disponível.

Como atualizar ou instalar o suporte a Flatpak

A medida que as distribuições adotarem a nova versão do Flatpak, ela estará através das atualizações de sistema. Então, basta manter seu sistema atualizado que ela aparecerá em breve.

E se você ainda não possui o suporte a Flatpak em seu sistema, use o tutorial abaixo para instalar:
Como instalar o suporte a Flatpak no Linux

Depois, dê uma olhada nos tutoriais de instalação de programas via Flatpak, consultando essa listagem:
Tutorias de instalação de programas via Flatpak

O que está sendo falado no blog




blog comments powered by Disqus