Futuros lançamentos do Lubuntu não se concentrarão mais em PCs antigos

Má noticia para donos de computadores ‘datados’, os futuros lançamentos do não se concentrarão mais em PCs . Confira os detalhes dessa mudança.


Desde o momento em que foi criado, há oito anos, o Lubuntu sempre foi conhecido como o sabor oficial do Ubuntu direcionado a usuários de “computadores antigos de 10 anos atrás”.
Futuros lançamentos do Lubuntu não se concentrarão em PCs antigos
Futuros lançamentos do Lubuntu não se concentrarão em PCs antigos

Isso sempre foi verdadeiro principalmente porque o sistema era lançado com o LXDE (Lightweight X11 Desktop Environment) como interface de usuário padrão.

O Lubuntu nunca foi um sistema operacional inchado e nunca será, mas como os computadores de bits estão sendo abandonados e se tornando cada vez mais difíceis de encontrar atualmente, a equipe de desenvolvimento decidiu que é hora de mudar o principal objetivo do Lubuntu e abandonar o suporte a PC’s antigos.

Futuros lançamentos do Lubuntu não se concentrarão mais em PCs antigos

O desenvolvedor do Lubuntu, Simon Quigley, anunciou que versões futuras do sistema operacional Lubuntu mudarão o foco de um sistema operacional Linux para PCs mais antigos para uma distribuição Linux moderna, funcional e modular.

Sobre isso, ele disse o seguinte:

“Decidimos que, no futuro, precisamos nos adaptar à situação atual do mercado. Portanto, nosso foco principal está mudando de uma distribuição cujo foco principal é fornecer um sistema para computadores antigos para uma distribuição funcional, porém modular, focado em sair do caminho e deixar os usuários usarem o computador.”

Com isso em mente, a futura versão do Lubuntu fornecerá aos recém-chegados todo o suporte necessário para começar a usar um sistema operacional baseado em Linux, irá alavancar aplicativos modernos baseados em Qt para oferecer aos usuários uma experiência Linux funcional e modular, manter uma experiência leve por padrão, e suporta qualquer idioma em todo o mundo.

As versões futuras do Lubuntu serão fornecidas com o ambiente de desktop LXQt por padrão, em vez do LXDE, que é antigo e baseado em tecnologias de código aberto que desaparecerão em breve.

O LXQt é a versão moderna do LXDE baseada em tecnologias Qt, então você também poderá usar muitos aplicativos Qt.

A primeira versão do Lubuntu a incluir o LXQt por padrão será o Lubuntu 18.10 (Cosmic Cuttlefish), com lançamento previsto para 18 de outubro de 2018.

Também parece que o Lubuntu 18.10 pode não suportar instalações de 32 bits. Felizmente, usuários que não podem pagar por uma máquina de 64 bits ainda pode usar o Lubuntu 18.04 LTS, pois este será suportado até abril de 2021.

No final, Lubuntu continuará a ser o sistema operacional que serve para trazer de volta à vida computadores antigos, mas a partir da próximas versões, isso só servirá para PC’s com 10 anos que usam um processador dual-core de 64 bits com pelo menos 2GB de RAM, não máquinas de 32 bits de 20 anos atrás que não existem mais.

Para saber mais sobre a visão futura do Lubuntu, visite o anúncio oficial.

O que está sendo falado no blog

Ajude a manter o Blog do Edivaldo - Faça uma doação

Se você gosta do conteúdo do Blog, você pode ajudar a manter o site simplesmente fazendo uma doação única, esporádica ou mensal, usando uma das opções abaixo:

Doação usando Paypal

Doação usando PagSeguro
Outras formas de ajudar a manter o Blog do Edivaldo