Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

Garuda Linux 200831 lançado com melhorias, novos recursos e atualizações

E foi lançado o Garuda Linux 200831 com melhorias, novos recursos e atualizações. Confira as novidades e descubra onde baixar a distro.

Garuda Linux é uma distribuição Linux amigável e orientada para jogos baseada no Arch Linux que oferece vários ambientes de desktop para você escolher. KDE, GNOME, Xfce, Wayfire, LXQt-kwin, Deepin, i3.

Ao contrário do Arch Linux, o Garuda Linux vem com um instalador gráfico (Calamares) para fácil instalação e outras ferramentas gráficas avançadas para gerenciar seu sistema.

Garuda é uma distro voltada para o desempenho com muitos ajustes para melhorar o desempenho. Alguns dos muitos ajustes incluem o uso de zram, um governador de CPU de desempenho, junto com um software de gerenciamento de memória personalizado.

Esse sistema tem se esforçado para fornecer estabilidade ao sistema incluindo o utilitário de backup Timeshift.

Por que usar Garuda Linux para jogos? Porque oferece uma instalação mais fácil para iniciantes no Linux que desejam usar o Arch Linux, mas não querem ter todo o trabalho de instalá-lo, vem com o sistema de arquivos Btrfs por padrão com compactação Zstd e suporte para instantâneos, usa o Zen Kernel, que é apelidado como o melhor kernel Linux possível para sistemas cotidianos e promete todas as ferramentas necessárias para jogos Linux prontos para uso.

Agora, a distro recebeu uma nova versão ISO que traz várias melhorias, novos recursos e componentes atualizados, o Garuda Linux 200831, o instantâneo ISO mais recente desta distribuição de lançamento contínuo para gamers de Linux.

Novidades do Garuda Linux 200831

Garuda Linux 200831 lançado com melhorias, novos recursos e atualizações
Garuda Linux 200831 lançado com melhorias, novos recursos e atualizações

Os novos recursos neste lançamento incluem um aplicativo de boas-vindas reformulado com suporte para Adguard DNS, uma nova opção para mudar a tela de login do GDM (GNOME Display Manager) para Wayland, uma nova opção para habilitar o modo HiDPI para telas de 4K, bem como suporte para habilitar e desabilitar a conta de convidado.

O aplicativo Network Assistant também foi aprimorado no Garuda Linux 200831 e agora possui botões para reiniciar as conexões Wi-Fi e Bluetooth, e suporta a detecção de back-ends NetworkManager ou Connman para permitir que você inicie o serviço de rede.

Outra adição interessante é o suporte para aplicativos Snap e Flatpak. Todas as edições suportam a instalação de aplicativos Snap e Flatpak por meio do frontend pamac-all GTK3 para libalpm.

Uma pequena reformulação na aparência não prejudica ninguém, então o Garuda Linux agora vem com um tema semelhante ao macOS Big Sur chamado WhiteSur Dark, que está disponível para as edições KDE Plasma, GNOME e Xfce.

Além disso, a edição GNOME agora vem com um switcher de layout mais simples, o repositório Chaotic-AUR agora está sendo usado para automatizar a construção de pacotes AUR (Arch User Repository), Garuda-zsh-config agora usa o tema Powerlevel10k e Olivia O reprodutor de música agora está sendo usado na edição KDE em vez do VVAVE.

O carregador de inicialização GRUB agora oferece opções para reiniciar, desligar e configurar o firmware UEFI e um novo esquema de cores. Sob o capô, o Garuda Linux usa a série de kernel Linux 5.8 mais recente, a pilha de gráficos Mesa 20.1.6 e o ​​driver gráfico proprietário Nvidia 450.66.

Para saber mais sobre essa versão da distribuição, acesse a nota de lançamento.

Baixe e experimente o Garuda Linux 200831

A imagem ISO do Garuda Linux 200831 já pode ser baixada acessando a página de download da distribuição.
Ou se preferir, acesse os links abaixo diretamente:
Garuda Linux 200831 KDEGaruda Linux 200831 GNOME
Garuda Linux 200831 Xfce Garuda Linux 200831 LXQt
Garuda Linux 200831 Deepin
Garuda Linux 200831 i3
Garuda Linux 200831 Wayfire

Verifique se a imagem ISO está corrompida

Antes de gravar a imagem ISO que você baixou, verifique se ela está corrompida usando o tutorial abaixo:
Como verificar se uma imagem ISO está corrompida

Como gravar uma imagem ISO no Linux

Quem precisar gravar a imagem ISO após o download, pode usar esse tutorial do blog:

Como gravar uma imagem ISO Usando o Nautilus
Como gravar uma imagem ISO usando o Terminal
Como criar um pendrive de instalação
Como criar um pendrive inicializável com GNOME Disks
Como criar um pendrive inicializável com o Etcher no Linux

O que está sendo falado no blog

Veja mais artigos publicados neste dia…

Compartilhe:
Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.