Ícones na área de trabalho estarão de volta no GNOME 3.30

Confira os detalhes do anuncio de que os ícones na área de trabalho estarão de volta no GNOME 3.30!

O desenvolvedor GNOME, Carlos Soriano, anunciou que os ícones na estarão de volta no GNOME 3.30. Confira os detalhes dessa ótima novidade.


A maioria das distribuições Linux usa ícones da área de trabalho e os usará nos próximos anos. A usa ícones da área de trabalho no Windows, a Apple usa ícones da área de trabalho no macOS e até mesmo implementou um novo recurso Stacks na próxima versão do macOS Mojave 10.14, para ajudar os usuários a manter seus ícones organizados.
Ícones na área de trabalho estarão de volta no GNOME 3.30
Ícones na área de trabalho estarão de volta no GNOME 3.30

Mesmo assim, no início deste ano, os desenvolvedores do GNOME decidiram remover do gerenciador de arquivos Nautilus (Files) a capacidade de manipular ícones na área de trabalho, começando com o lançamento do GNOME 3.28, e prometeram devolvê-lo o mais rápido possível através de uma nova implementação na forma de um extensão para GNOME shell.

É isso mesmo! Os desenvolvedores, removeram o recurso “”. Ele é usado atualmente para exibir e gerenciar arquivos, pastas e unidades conectadas mantidas no espaço da área de trabalho.

Ícones na área de trabalho estarão de volta no GNOME 3.30

Agora, o desenvolvedor do GNOME, Carlos Soriano, anunciou que o GNOME 3.30 está trazendo de volta o amado modo desktop clássico, que permite aos usuários usar ícones na área de trabalho.

Com o ambiente de desktop GNOME 3.30 prestes a ser lançado, os desenvolvedores do GNOME estão trazendo de volta os ícones na área de trabalho e parece que eles são maiores do que nunca, graças à integração com o de arquivos Nautilus para todas as operações, suporte a puro, e por último não menos importante, suporte a múltiplos monitores.

Sobre a integração, Carlos Soriano disse o seguinte:

“Para o Fedora e o RHEL tivemos uma opção chamada desktop clássico, onde os ícones da área de trabalho e algumas extensões do shell serão ativadas. É útil trazer para esses usuários uma opção que funciona melhor do que a que usamos com o Nautilus, então passei meu tempo na Red Hat trabalhando para fornecer isso.”

Naturalmente, a nova implementação de ícones na área de trabalho do GNOME permitirá que os usuários aproveitem as operações de arquivos padrão, incluindo abrir arquivos, executar arquivos da área de trabalho, arrastar e soltar para reordenar ícones sem sobrepor arquivos abertos em um emulador de terminal, cortar e copiar arquivos, adicionar atalhos, bem como para desfazer e refazer as operações de arquivo.

Quer testar?

Você pode experimentar os ícones da área de trabalho agora mesmo se não puder esperar até o início de setembro, quando o ambiente de desktop GNOME 3.30 estará disponível para sua distribuição Linux favorita.

Tudo o que você precisa é instalar a versão mais recente do Nautilus usando o Flatpak nightly compilado no GNOME Shell 3.28 e, em seguida, instalar a extensão de ícones da área de trabalho.

O que está sendo falado no blog

Ajude a manter o Blog do Edivaldo - Faça uma doação

Se você gosta do conteúdo do Blog, você pode ajudar a manter o site simplesmente fazendo uma doação única, esporádica ou mensal, usando uma das opções abaixo:

Doação usando Paypal

Doação usando PagSeguro
Outras formas de ajudar a manter o Blog do Edivaldo



blog comments powered by Disqus