Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

iMessage chegará ao Linux e Windows! Valerá a pena?

O iMessage chegará ao Linux e Windows através de uma solução da Amnesia Labs baseada em cliente e servidor. Agora, Valerá a pena?

Anos atrás, quando o Facebook comprou o WhatsApp, foi dito que o Google havia perdido uma grande oportunidade. Esse foi um evento que deixou claro que esse tipo de aplicativo é importante para atrair usuários, algo que a Apple faz com o iMessage.

iMessage chegará ao Linux e Windows! Valerá a pena?
iMessage chegará ao Linux e Windows! Valerá a pena?

O programa que no iOS e no macOS é chamado simplesmente de “Mensagens” é um ótimo aplicativo, com muitos pontos positivos, mas um bastante negativo: está disponível apenas no ecossistema da Apple.

Isso mudará no futuro próximo, pois a Amnesia Labs desenvolveu um cliente e um servidor que nos permitirá usar o iMessage no Windows e Linux.

iMessage chegará ao Linux e Windows! Valerá a pena?

Além disso, eles também garantem que planejam lançar versões para dispositivos móveis, o que inicialmente significaria que estaria disponível para Android e, provavelmente, em outros sistemas operacionais de smartphones. Mas nem tudo é tão interessante quanto parece.

O problema é que o Zen, que eles chamaram de cliente, precisa funcionar dependendo de um Mac, embora a empresa assegure que ele será capaz de trabalhar em qualquer computador apple que ainda funcione.

O servidor, Zen Bridge, funciona perfeitamente em laptops antigos e obsoletos da Apple e Mac Minis que estão coletando poeira. Eu mesmo tenho um Mac Mini de 2011 aqui parado e esperando uma função nova ou a decisão de vender.

Para uma abordagem mais “na nuvem”, também obtiveram sucesso com Macs visualizados em servidores Apple genuínos (que não quebrariam os TOS da Apple, seu iCloud registrará com prazer). Alguns provedores de VPS oferecem isso por apenas U$$ 12 por mês.

A primeira versão pública estará disponível este mês. Outro problema com o uso do Zen é que você precisará pagar uma assinatura entre U$$ 3 e U$$ 5, mas poderá comprar o serviço completo por um desembolso de U$$ 10 a U$$ 15. Diante de tudo isso, devemos nos perguntar: vale a pena?

Vale a pena usar o Zen?

Bem, como em muitas ocasiões, a resposta é “depende”.

Como usuário de todos alguns tipos de dispositivos, incluindo vários da Apple, eu diria que não, ou não em países como o Brasil.

Nos Estados Unidos, o iMessage é amplamente utilizado, diz-se que quase metade de seus habitantes possui pelo menos um produto da Apple, mas não é o mesmo em todo o mundo.

Em outros países, confiamos mais em aplicativos como o WhatsApp, para nossos contatos, ou Telegram, para maior uso de bate-papos.

Embora este último seja a minha opinião do editor. É provável (acho que não) que algum de vocês esteja especialmente feliz em ouvir esta novidade.

Esse é o seu caso? Deixe a sua opinião nos comentários!

O que está sendo falado no blog

Veja mais artigos publicados neste dia…

Compartilhe:
Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.