Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

Kali Linux 2020.1a lançado para corrigir um erro do instalador

E foi lançado o Kali Linux 2020.1a para corrigir um erro do instalador. Confira as novidades e descubra onde baixar a distro.

O Kali Linux (que anteriormente era conhecido como BackTrack) é uma distribuição baseada no Debian com uma coleção de ferramentas de segurança e forenses.

Kali Linux 2020.1a lançado para corrigir o erro do instalador
Kali Linux 2020.1a lançado para corrigir o erro do instalador

Esse sistema possui atualizações de segurança oportunas, suporte para a arquitetura ARM, uma escolha entre quatro ambientes populares de desktop e atualizações contínuas para versões mais recentes.

Enfim, o Kali Linux é uma distribuição baseada no Debian com uma coleção de ferramentas de segurança e de analise forenses.

O Kali Linux 2020.1 foi uma versão bastante importante que introduziu uma imagem de instalador universal para todos os ambientes de desktop que o Kali Linux suporta atualmente, entre vários outros novos recursos e melhorias.

Agora, A Offensive Security lançou as imagens de instalação do Kali Linux 2020.1a para corrigir um bug do instalador que poderia resultar em uma instalação sem uma interface gráfica.

Novidades do Kali Linux 2020.1

Disponível para sistemas de 32 e 64 bits, as novas imagens do instalador tornam mais fácil para a Offensive Security lançar novos lançamentos do Kali Linux, pois eles não precisam criar ISOs separados para todos os ambientes de desktop suportados, como fizeram até o Lançamento 2020.1.

Mas com todas as coisas novas, podem ocorrer erros. Como tal, parece que as imagens do instalador do Kali Linux 2020.1 foram afetadas por um problema do X11 que poderia ter causado sua instalação final sem uma interface gráfica afinal de contas e direcioná-lo para a linha de comando.

Em uma postagem no seu blog, a Offensive Security disse que:

“Percebemos um bug em uma cadeia de dependências, o que causou um problema com o x11. Como resultado, talvez você não tenha uma interface gráfica após a instalação do Kali. A versão 2020.1a é apenas para aqueles que não conseguiram instalar a 2020.1 com sucesso.”

Para evitar problemas com as novas instalações do Kali Linux, a Offensive Security relançou as imagens do instalador para arquiteturas de 32 e 64 bits como o Kali Linux 2020.1a. Os ISOs ativos não são afetados, nem as instalações existentes do Kali Linux 2020.1.

Portanto, se você deseja instalar a versão mais recente do Kali Linux no seu computador pessoal, é altamente recomendável que você baixe as novas imagens do instalador do Kali Linux 2020.1a no site oficial, o link está mais abaixo.

A Ofensiva Segurança também atualizou as imagens de Raspberry Pi de 32 e 64 bits, devido a alguns arquivos corrompidos nas imagens anteriores, atualizou a imagem do Vagrant para a versão 2020.1.2 e fez as imagens do ARM funcionarem no laptop PineBook Pro.

Para saber mais sobre essa versão da distribuição, acesse a nota de lançamento.

Baixe e experimente o Kali Linux 2020.1

A imagem ISO do Kali Linux 2020.1 já pode ser baixada acessando a página de download da distribuição.

Verifique se a imagem ISO está corrompida

Antes de gravar a imagem ISO que você baixou, verifique se ela está corrompida usando o tutorial abaixo:
Como verificar se uma imagem ISO está corrompida

Como gravar uma imagem ISO no Linux

Quem precisar gravar a imagem ISO após o download, pode usar esse tutorial do blog:

Como gravar uma imagem ISO Usando o Nautilus
Como gravar uma imagem ISO usando o Terminal
Como criar um pendrive de instalação
Como criar um pendrive inicializável com GNOME Disks
Como criar um pendrive inicializável com o Etcher no Linux

O que está sendo falado no blog

Artigos relacionados

Compartilhe:
Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.