Kernel GNU Linux-Libre 5.7 já está disponível para download

Confira as novidades do lançamento oficial do release kernel GNU Linux-Libre 5.7!

O projeto GNU Linux-libre lançou o kernel GNU Linux-Libre 5.7, pouco depois do lançamento oficial do kernel 5.7. Confira as novidades desse release.

O kernel GNU Linux-libre é um kernel 100% livre e compatível com o sistema operacional GNU e todas as distribuições Linux. Ele remove componentes não livres do kernel oficial do Linux, oferecendo apenas drivers e códigos de código aberto e gratuito.

Kernel GNU Linux-Libre 5.7 já está disponível para download
Kernel GNU Linux-Libre 5.7 já está disponível para download

O objetivo do projeto GNU Linux-libre é fornecer à comunidade Linux uma versão do kernel Linux upstream 100% livre, removendo do núcleo do Linux qualquer tipo de programa que não inclui seu código-fonte correspondente, tem seu código-fonte ofuscado ou que foi publicado sob uma licença privativa.

As porções que não apresentam código-fonte são denominadas “blobs binários” e são sobretudo compostos de firmware privativo, que, ainda que em geral redistribuíveis, não oferecem ao usuário a liberdade para modificar ou estudar seus componentes.

O núcleo Linux começou a incluir blobs binários em 1996, e o esforço para removê-los começou em 2006 com as ferramentas “find-firmware” e “gen-kernel” da distribuição GNU gNewSense. Esta tarefa foi levada adiante pela distribuição BLAG em 2007 com o script “deblob”, e assim o Linux-libre nasceu.

Agora, após o lançamento do kernel 5.7, o projeto GNU Linux-libre anunciou a disponibilidade geral da versão 5.7 do kernel Linux-libre.

Portanto, a versão 5.6 do Linux-libre é uma edição 100% livre do kernel Linux 5.6, disponível apenas com drivers livres e de código aberto.

Novidades do kernel GNU Linux-Libre 5.7

Com base na série de kernel Linux 5.7 lançada recentemente, a versão 5.7 do kernel GNU 100% livre está aqui para desativar o carregamento de blobs no driver Azoteq IQS62x MFD, driver de relógio IDT 82P33yyy PTP, driver Marvell OcteonTX CPT, driver Marvell OcteonTX CPT, driver Mediatek MT7622 WMAC, driver de ônibus MHI, e driver Qualcomm IPA.

Essa atualização Também introduz novos nomes de blobs nos arquivos AMDGPU, arquivos Arm64 DTS, Broadcom FMAC, frontend m88ds3103 DVB, Mediatek mt8173 VPU, Mediatek mt8173 VPU, Mediatek 7622 e 7663 WiFi, Meson VDec, Qualcomm Venus, Realtek Bluetooth e drivers de tela sensível ao toque Silead x86.

Alguns blobs binários executáveis ​​”antiquados” que foram disfarçados como matrizes de números foram removidos desta versão, que foram adicionados ao driver gráfico Intel i915 OpenGL para uso nas GPUs Intel de 7a geração.

Entre outras mudanças, o kernel do GNU Linux-Libre 5.7 deixa de limpar o driver USB i1480, pois foi removido a montante do kernel 5.7 do Linux, implementa algumas alterações para lidar com as recentes modificações na interface de carregamento de firmware e permite a substituição específica de entrada de padrões de correspondência de blob padrão.

Por último, mas não menos importante, o autoteste do deblob-check agora deve funcionar com o traço. O kernel GNU Linux-Libre 5.7 também adiciona novos nomes de blob e vários ajustes para o driver mscc PHY e a documentação do wd719x.

Como obter o kernel GNU Linux-Libre 5.7

Se você procura 100% de liberdade para o seu computador pessoal, recomendo que você baixe e instale a versão mais recente do kernel GNU Linux-Libre no site oficial ou diretamente nos repositórios de software da sua distribuição favorita do Linux.

O que está sendo falado no blog

Veja mais artigos publicados neste dia…