Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

Lançada a primeira versão estável do 1Password for Linux

E foi lançada a primeira versão estável do 1Password for Linux. Confira as novidades desse importante lançamento e veja como instalar.

O aplicativo 1Password entrou em beta no ano passado, mas agora é considerado estável o suficiente para o uso diário por usuários Linux, independentemente de sua distribuição Linux preferida ou ambiente de desktop.

Lançada a primeira versão estável do 1Password for Linux

Lançada a primeira versão estável do 1Password for Linux
Lançada a primeira versão estável do 1Password for Linux

Sim. Foi Lançada a primeira versão estável do 1Password for Linux. Melhor ainda, o aplicativo possui forte integração com sistemas Linux.

“Acreditamos que aplicativos nativos com integração profunda criam uma experiência melhor, então 1Password para Linux se sentirá em casa em seu desktop, seja qual for o sabor de Linux que você escolher”, diz a empresa sobre seu aplicativo.

O aplicativo de código aberto aproveita uma série de tecnologias de código aberto, incluindo Electron e Rust.

Mas, ao contrário de alguns aplicativos gerenciadores de senhas por aí (que podem parecer um pouco mal acabados), o aplicativo 1Password Linux se conecta profundamente com a maioria das distros Linux.

Out of the box, o 1Password para Linux suporta:

  • Seleção automática do modo escuro com base em seu tema GTK
  • Locais de rede abertos (FTP, SSH, SMB)
  • Integração com GNOME, KDE e outros gerenciadores de janela
  • Ícone da bandeja do sistema
  • Abra e preencha seu navegador padrão
  • Integração e limpeza da área de transferência do X11
  • Suporte GNOME Keyring e KDE Wallet
  • Integração do chaveiro do kernel
  • Suporte DBUS API
  • API de linha de comando
  • Integração com bloqueio de sistema e serviços ociosos

Muito doce, certo? Bem, fica ainda melhor. No momento do lançamento, o aplicativo Linux 1Password possui recursos ainda não disponíveis em outros aplicativos 1Password. Não, nem mesmo os aplicativos de desktop macOS ou Windows:

  • Anexos de arquivos seguros
  • Arquivamento e exclusão de itens
  • Monitor de segurança de senha ‘Watchtower’
  • Detalhes de compartilhamento para ver quem tem acesso a quê
  • Pesquisa rápida e sugestões de pesquisa inteligente

1Password não é gratuito para uso (além do período de teste; os planos começam em US$ 2,99/mês), mas uma rica lista de recursos faz com que valha a pena seu preço.

Isso inclui senhas ilimitadas em um número ilimitado de dispositivos; 1 GB de armazenamento de documentos; histórico do item (ou seja, restaurar senhas excluídas); e muito mais.

Lançada a primeira versão estável do 1Password for Linux
Lançada a primeira versão estável do 1Password for Linux

Como instalar

Agora que foi lançada a primeira versão estável do 1Password for Linux, o aplicativo 1Password Linux está disponível para todas as principais distribuições de Linux, incluindo Ubuntu, Fedora e Arch.

Você pode adicionar o repositório 1Password oficial ao seu sistema para instalá-lo usando o gerenciador de pacotes de sua preferência, mas a maneira mais fácil de instalar 1Password no Ubuntu é baixar o pacote instalador e instalá-lo usando o aplicativo Ubuntu Software.

Embora um esteja disponível, o aplicativo 1Password Snap carece de integração com o navegador da web, bem como métodos de autenticação de sistema subjacentes.

Infelizmente, isso o torna uma opção menos atraente do que os pacotes de instalação regulares disponíveis IMO, mas está lá se você quiser.

Para mais detalhes, acesse a página dedicada ao Linux no site 1Password.

Por fim, já que foi Lançada a primeira versão estável do 1Password for Linux, se você usar este serviço de gerenciamento de senha, deixe-me (e outros leitores) saber o que você acha do aplicativo Linux nativo, deixando um comentário abaixo.

Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.