Lançado o digiKam 6.4, agora com ainda mais plugins

Confira tudo que chega com o DigiKam 6.4 o e veja como instalar no Linux!

E foi lançado o com ainda mais plugins, além de outras novidades. Confira tudo que chega nessa versão e veja como no Linux.

digiKam é um software de código aberto para gerenciamento avançado de digitais para Linux, Windows e Mac OS X.

Lançado o digiKam 6.4, agora com ainda mais plugins
Lançado o digiKam 6.4, agora com ainda mais plugins

O DigiKam é um que permite importar fotos de câmeras, criar álbuns, marcar datas, temas e outras propriedades, excelentes utilitários de pesquisa e modificação de em massa.

Ele possui diversas funcionalidades que permitem importar, exportar, visualizar, gerenciar, , melhorar, organizar, rotular, e compartilhar fotos em sistemas Linux.

Em outras palavras, com o digiKam, você pode ver, gerenciar, editar, melhorar, organizar, marcar e compartilhar fotos de maneira profissional.

No dia 10 de fevereiro, o digiKam 6.0.0 foi lançado. Mas o melhor gerenciador de imagem da Comunidade KDE e talvez o melhor de todo o mercado continua seu desenvolvimento.

Em 10 de fevereiro, o digiKam 6.0.0 foi lançado, a nova versão de um dos gerenciadores de imagem mais completos que você pode encontrar no mundo GNU / Linux.

Esta nova versão veio carregada de novidades, você pode ver um resumo na parte inferior da entrada, mas isso não significou o fim do desenvolvimento deste software.

Assim, em 9 de novembro, o digiKam 6.4 foi lançado, a quarta grande do ramo 6.x deste magnífico software que inclui como principal novidade o aumento de plugins de terceiros incluídos no aplicativo principal.

Novidades do DigiKam 6.4

Como sempre, muitas serão as notícias de uma atualização maciça.

No entanto, os desenvolvedores desejam destacar o seguinte:

  • Total compatibilidade com o gerenciamento de arquivos de vídeo;
  • Integração de todas as ferramentas de importação/exportação de serviços web no LightTable, Image e Showfoto;
  • Mecanismo de decodificação de arquivos simples compatível com novas câmeras;
  • Os dados de similaridade agora são armazenados em um arquivo de banco de dados separado;
  • Autenticação simplificada de serviços da web usando o protocolo OAuth;
  • Novas ferramentas para exportar para o Pinterest, OneDrive e Box-services;
  • Capacidade de reorganizar o conteúdo da visualização de ícones manualmente;
  • Suporte Exiv2 0,27, a nova ferramenta para o tratamento de metadados Exif, IPTC e XMP;
  • Nova ferramenta para ajustar a data e hora das minhas imagens;
  • Suporte ao DrMinGw para Windows, pois o digiKam é cada vez mais popular nesse sistema proprietário.

E, é claro, muitos erros foram resolvidos.

Para saber mais sobre essa versão do DigiKam, acesse a nota de lançamento.

Como instalar ou atualizar o DigiKam 6.2

Para instalar a versão mais recente do DigiKam nas principais distribuições Linux, use esse tutorial:
Instalando a versão mais recente do digiKam no Linux

O que está sendo falado no blog

No Post found.

Veja mais artigos publicados neste dia…

Ajude a manter o Blog do Edivaldo - Faça uma doação

Se você gosta do conteúdo do Blog, você pode ajudar a manter o site simplesmente fazendo uma doação única, esporádica ou mensal, usando uma das opções abaixo:

Doação usando Paypal

Doação usando PagSeguro
Outras formas de ajudar a manter o Blog do Edivaldo