Lightworks 14.5 lançado com melhorias na interface do usuário

Confira os detalhes do lançamento do Lightworks 14.5 e veja como instalar no Linux!

Foi lançado o Lightworks 14.5 com melhorias na interface do usuário e outras novidades. Confira os detalhes e veja instalar no Linux.


Lightworks é um software de edição de vídeo popular, utilizado na indústria do cinema, como alternativa para o Apple Finalcut, Pinnacle Studio e Avid Media Composer.
Lightworks 14.5 lançado com melhorias na interface do usuário
Lightworks 14.5 lançado com melhorias na interface do usuário

Ele fornece ferramentas para o processamento de vídeos nos formatos livres e proprietários mais populares: H.264, XDCAM EX/HD 42, Avid DNxHD, AVC-Intra.

Novidades do Lightworks 14.5

O Lightworks, o sistema de edição de vídeo não-linear de longa data que ofereceu uma versão nativa do Linux nos últimos anos, depois de ter sido desafiado por atrasos por alguns anos, saiu na versão 14.5 e vem com Linux, macOS e suporte ao Windows.

O Lightworks 14.5 é o sucesso da versão Lightworks 14.0 de um ano e meio atrás, e chega como a atualização mais recente para este software multi-plataforma de propriedade da EditShare.

Esta nova versão traz melhorias na interface do usuário, suporte a mídia de taxa de quadros variável, configurações mais precisas de GPU, suporte à exportação Reaper, suporte a áudio AC-3 em vários formatos, suporte a arquivos RAW Blackmagic e vários outras melhorias.

Antes de ficar muito entusiasmado com este editor de vídeo que foi usado em filmes como O Lobo de Wall Street, Moulin Rouge e Pulp Fiction, ele continua sendo proprietário.

Em 2010, foi quando eles falaram em abrir o código-fonte, mas isso não deu certo… Originalmente, eles estavam esperando pelo acabamento do suporte ao macOS e ao Linux.

Tem havido esse apoio há anos, mas parece que o EditShare (a proprietária do software) desistiu de suas ambições de código aberto para o programa.

Os únicos comentários (semi-oficiais) ao longo dos anos têm atrapalhado as complexidades do open-sourcing.

Além disso, embora exista uma versão gratuita do Lightworks disponível, para suporte completo com este programa, você precisa do Lightworks Pro que custa U$$ 25 por mês/U$$ 175 por ano/U$$ 438 por uma licença definitiva.

Por isso, o software pode até ter mais recursos e ser mais estável do que os do Kdenlive e do OpenShot, mas esteja ciente que ele é proprietário e você gastará para obter suporte.

Mais detalhes sobre as muitas mudanças encontradas no Lightworks 14.5 podem ser encontradas nos fóruns do Lightworks.

Como instalar ou o Lightworks

Para instalar a versão mais recente do Lightworks nas principais distribuições Linux, use esse tutorial:
Como instalar a versão mais recente do Lightworks no Linux

O que está sendo falado no blog

Ajude a manter o Blog do Edivaldo - Faça uma doação

Se você gosta do conteúdo do Blog, você pode ajudar a manter o site simplesmente fazendo uma doação única, esporádica ou mensal, usando uma das opções abaixo:

Doação usando Paypal

Doação usando PagSeguro
Outras formas de ajudar a manter o Blog do Edivaldo



blog comments powered by Disqus