Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

Linux Macho da Corellium leva o Linux para os Macs com Apple M1

E o impossível acontece: o Linux Macho da Corellium leva o Linux para os Macs com Apple M1. Conheça esse sistema e veja onde baixar.

Quando pensamos que Desktop/Notebooks em chipsets ARM não faziam sentido, a Apple apareceu com um chipset M1 revolucionário e mostrou ao mundo do que ele é capaz.

Ao contrário de outros Mac com CPUs Intel, M1 não tinha a capacidade de rodar Linux, até ontem. Graças ao Corellium, rodar Linux para M1 Macs agora é possível.

Linux Macho da Corellium leva o Linux para os Macs com Apple M1

Linux Macho da Corellium leva o Linux para os Macs com Apple M1
Linux Macho da Corellium leva o Linux para os Macs com Apple M1

A empresa Corellium é conhecida por vencer uma ação judicial contra a Apple finalmente criou seu próprio sistema operacional Linux para M1 Macs. Isso certamente abre portas para outras comunidades Linux fazerem o mesmo.

O criador do Linux, Linus Torvalds, queria que o M1 Macbook Air rodasse o Linux e finalmente é uma realidade. O CTO da Corellium, Chris Wade, tweetou ontem que o sistema operacional Linux da Corellium está disponível e está nos estágios beta iniciais.


Além disso, ele também alertou os usuários para prosseguir com a instalação apenas se souberem o que estão fazendo. Mais detalhes sobre o “lançamento completo com USB” deveriam ser revelados hoje, mas ainda não há atualização.

O lançamento beta inicial já está disponível para download no site oficial do Corellium e é chamado de “Linux Macho”. Se você possui um Mac M1 e deseja experimentar o Linux, sugerimos que espere, pois o processo de instalação pode ser difícil.

O chip M1 da Apple é certamente uma maravilha da engenharia, mas o único grande problema é que, como é baseado em ARM, muitos aplicativos usam técnicas de virtualização que afetam seu desempenho ou os usuários enfrentam travamentos inesperados.

Este não é um problema novo, uma vez que os “PCs sempre conectados” com a tecnologia ARM SoCs da Qualcomm também não têm a capacidade de executar softwares como o Adobe Suite.

De qualquer forma, é muito impressionante ver o progresso da comunidade após apenas três meses do lançamento do M1, e mal podemos esperar para ver o que vem a seguir.

Compartilhe:
Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.