Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

Multipass 1.8 lançado com suporte ao Apple M1, e muito mais

E foi lançado o Multipass 1.8 com suporte ao Apple M1, e muito mais. Confira as novidades dessa atualização e veja como instalar.

O Multipass é uma ferramenta para lançar e gerenciar VMs no Windows, Mac e Linux que simula um ambiente de nuvem com suporte para o cloud-init. Com esse software você obtem o Ubuntu sob demanda com integração limpa ao seu IDE e controle de versão em sua plataforma nativa.

Multipass é o software desenvolvido pela Canonical, fabricante do Ubuntu, que é anunciado como “uma mini-nuvem em sua estação de trabalho” que fornece uma linha de comando do Ubuntu em “apenas um clique”, com suporte nativo ao hipervisor.

O Multipass é basicamente um meio fácil de ativar as VMs do Ubuntu no Linux/Windows/ macOS e de natureza semelhante ao Vagrant, mas focado apenas nas VMs do Ubuntu.

Agora, a empresa por trás do Ubuntu atualizou o Multipass para a versão 1.8, uma versão que apresenta suporte para a configuração e execução de máquinas virtuais Ubuntu em dispositivos Apple M1 MacBook com o mínimo de esforço.

Novidades do Multipass 1.8

Multipass 1.8 lançado com suporte ao Apple M1, e muito mais
Multipass 1.8 lançado com suporte ao Apple M1, e muito mais

Na verdade, Multipass promete oferecer aos desenvolvedores Apple M1 MacBook interessantes no desenvolvimento de aplicativos para o desktop Linux/Ubuntu a maneira mais rápida de rodar Linux multiplataforma, rodando uma VM Ubuntu em apenas 20 segundos.

Segundo a Canonical:

“Até agora, os usuários M1 não tinham muitas opções para executar o Linux. Ferramentas VM populares, como VirtualBox e VMWare, ou não suportam a nova arquitetura ou ainda estão em estágio de visualização. Multipass é a resposta da Canonical.”

De acordo com o gerente de produto da Canonical Nathan Hart:

“A Canonical deseja que os desenvolvedores executem Linux mais rápido do que qualquer outra opção no mercado, e a equipe Multipass ajudou a conseguir isso.”

Além do suporte ao Apple M1, a nova versão do Multipass também apresenta aliases para levar o Ubuntu ao seu terminal favorito, vinculando comandos de uma máquina virtual a comandos no sistema operacional host.

Além disso, o lançamento do Multipass 1.8 adiciona suporte para o uso do Terminal Xfce para uma melhor experiência de GUI, torna o LXD o back-end padrão no Linux, exceto para amd64, adiciona suporte para a versão –format, melhora o suporte para o ambiente de desktop MATE, workflows run-on support e corrige vários bugs.

A Canonical também acrescenta que, com esta atualização, o Multipass agora é compatível com todas as principais plataformas de computação.

Como esperado, isso oferece aos desenvolvedores de aplicativos uma experiência de ambiente de desenvolvimento consistente em qualquer sistema.

Para saber mais sobre essa versão do Multipass, acesse a nota de lançamento.

Como instalar ou atualizar

Você pode baixar o Multipass 1.8 da página do projeto no GitHub para os sistemas operacionais GNU/Linux, macOS e Windows.

Para instalar a versão mais recente do Multipass nas principais distribuições Linux, use esse tutorial:
Como instalar o utilitário Multipass no Linux via Snap

Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.