Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

Nano substituirá o Vi como editor de texto padrão no Fedora 33

O projeto fedora informou que o Nano substituirá o Vi como editor de texto padrão no Fedora 33. Confira os detalhes dessa importante mudança.

No Fedora, atualmente o Vi é o editor de texto padrão do terminal atual na maioria dos casos, como git commit e edição de texto na linha de comando.

Por isso, se você quiser o Nano no Fedora, precisará executar um único comando dnf install nano. Mas com o próximo Fedora 33, você não precisa mais executar nenhum comando para obter o Nano, pois o Nano será o editor de texto padrão do terminal nessa futura versão.

Nano Substituirá o Vi como editor de texto padrão no Fedora 33

Nano substituirá o Vi como editor de texto padrão no Fedora 33
Nano substituirá o Vi como editor de texto padrão no Fedora 33

Qual é o seu editor de texto para terminal Linux favorito? Eu acho que deve ser um da lista interminável de candidatos, incluindo Vim e Nano.

Mesmo se você estiver livre para instalar e usar qualquer editor, às vezes você escolhe o instalado por padrão. É por isso que o editor de texto padrão de uma distro é importante.

E é por conta disso que a equipe de desenvolvedores do Fedora decidiu enviar o editor de texto do terminal, GNU Nano, por padrão. Isso significa que o Nano substituirá o Vi como o editor padrão na distribuição Linux do Fedora 33.

Se você está confuso entre o Vi e o Vim, deixe-me dizer que o Vim é uma versão aprimorada do Vi com recursos adicionais.

A mudança ocorre em meio ao desenvolvimento contínuo do próximo Fedora 33. Juntamente com outras mudanças em todo o sistema, uma proposta foi enviada para tornar o Nano o editor de texto padrão.

Mais tarde, durante a reunião do Comitê de Engenharia e Direção do Fedora (FESCo) na semana passada, vários recursos do Fedora 33 foram aprovados, incluindo o editor de texto Nano por padrão no sistema Fedora.

Conforme a proposta cita, os usuários precisam aprender o conceito de modo do Vi, mesmo para tarefas básicas de edição. Isso torna difícil para os novos usuários entenderem e usarem o Vi.

Ao contrário do Vi, o Nano não possui modos, o que fornece ao usuário uma curva de aprendizado superficial e permite que ele interaja diretamente com o texto usando a edição gráfica de texto fácil de usar.

Portanto, esta proposta fará do Nano o editor padrão em todas as edições do Fedora. No entanto, vale lembrar que você ainda tem o vi pré-instalado devido ao pacote vim-minimal.

O que está sendo falado no blog

Categorias Fedora, Linux, Notícias, Open Source, Software livre Tags , , , , ,
Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.