Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

OpenWrt 21.02 lançado com suporte WPA3 incluído por padrão

E foi lançado o OpenWrt 21.02 com suporte WPA3 incluído por padrão e muito mais. Confira as novidades e descubra onde baixar a distro.

OpenWrt é uma distribuição Linux projetada para uso em vários dispositivos de rede, como roteadores e pontos de acesso.

Na prática, o OpenWrt é um projeto de código aberto gratuito para a criação de sistemas operacionais embarcados personalizados para roteadores.

É uma substituição completa para o firmware fornecido pelo fornecedor de uma ampla variedade de roteadores sem fio e dispositivos não pertencentes à rede. OpenWrt é baseado no kernel Linux e é o projeto de firmware de roteador de código aberto mais antigo.

Esse sistema suporta muitas plataformas e arquiteturas diferentes e tem um sistema de construção que permite uma compilação cruzada fácil e conveniente, incluindo vários componentes na montagem, facilitando a criação de um firmware personalizado pronto para uso ou imagem de disco para tarefas específicas com um conjunto desejado de pacotes pré-instalados.

A ideia por trás do OpenWRT é abrir funcionalidades que não estavam originalmente disponíveis, mas também fornecer uma estrutura Linux, para personalizar seu dispositivo para fazer muito mais do que foi originalmente projetado.

Este firmware requer algum conhecimento para ser usado corretamente e um pouco mais para valer a pena. Portanto, OpenWRT é melhor para pessoas mais técnicas que sabem exatamente o que querem.

Agora, após cerca de um ano e meio de desenvolvimento, o OpenWrt 21.02 foi lançado com novos recursos interessantes.

Novidades do OpenWrt 21.02

OpenWrt 21.02 lançado com suporte WPA3 incluído por padrão
OpenWrt 21.02 lançado com suporte WPA3 incluído por padrão

Como o primeiro lançamento estável dessa série de versão estável, o OpenWrt 21.02 traz o kernel Linux 5.4, gcc 8.4, glibc 2.33 e binutils 2.34, entre muitas outras atualizações e melhorias.

O OpenWrt 21.02 incorpora mais de 5800 commits desde a ramificação da versão anterior do OpenWrt 19.07 e está em desenvolvimento há cerca de um ano e meio.

O suporte WPA3 agora está incluído por padrão. Já era suportado no 19.07, mas não era fornecido pelo conjunto padrão de pacotes nas imagens OpenWrt.

Para quem não conhece, o WPA3 (Wi-Fi Protected Access 3) representa a última geração em segurança convencional para redes sem fio. Ele melhora o nível de segurança em comparação com o amplamente popular padrão WPA2, mas mantém a compatibilidade com versões anteriores.

Com o OpenWrt 21.02, todos os pacotes necessários para fornecer WPA3 são instalados por padrão nas imagens OpenWrt.

No OpenWrt 21.02, o suporte TLS é fornecido por padrão, incluindo os certificados CA confiáveis ​​do Mozilla. Isso significa que wget e opkg agora oferecem suporte à busca de recursos via HTTPS pronto para uso. Além disso, o LuCI agora está disponível em HTTPS, além de HTTP.

O OpenWrt 21.02 vem com suporte inicial para Distributed Switch Architecture (DSA), que substitui o sistema swconfig que o OpenWrt estava usando até agora. Esta é uma mudança significativa em como as portas de switch e VLANs são gerenciadas.

Por último, mas não menos importante, devido aos novos recursos sendo introduzidos e ao aumento geral do tamanho do kernel do Linux, os dispositivos agora precisam de pelo menos 8 MB de flash e 64 MB de RAM para executar uma compilação padrão do OpenWrt.

Para saber mais sobre essa versão da distribuição, acesse a nota de lançamento.

Baixe e experimente o OpenWrt 21.02

Os builds desta nova versão são preparados para 37 plataformas diferentes, a imagem ISO do OpenWrt 21.02 já pode ser baixada acessando a página de download da distribuição.

Para quem já usa o sistema, o comando sysupgrade pode ser usado para atualizar um dispositivo do OpenWrt 19.07 para o OpenWrt 21.02, e a configuração será preservada na maioria dos casos.

Verifique se a imagem ISO está corrompida

Antes de gravar a imagem ISO que você baixou, verifique se ela está corrompida usando o tutorial abaixo:
Como verificar se uma imagem ISO está corrompida

Como gravar uma imagem ISO no Linux

Quem precisar gravar a imagem ISO após o download, pode usar esse tutorial do blog:

Como gravar uma imagem ISO Usando o Nautilus
Como gravar uma imagem ISO usando o Terminal
Como criar um pendrive de instalação
Como criar um pendrive inicializável com GNOME Disks
Como criar um pendrive inicializável com o Etcher no Linux

Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.