X

Primeira plataforma de código aberto de privacidade diferencial é da Microsoft

Em anúncio recente, foi informado que a primeira plataforma de código aberto de privacidade diferencial é da Microsoft e da Universidade de Harvard.

A Microsoft acaba de anunciar a primeira plataforma de código aberto do mundo para privacidade diferencial, alimentada pela OpenDP Initiative, desenvolvida por uma equipe de pesquisadores de Harvard.

Primeira plataforma de código aberto de privacidade diferencial é da Microsoft

Primeira plataforma de código aberto de privacidade diferencial é da Microsoft

A nova plataforma, que deve permitir que os pesquisadores preservem a privacidade ao analisar conjuntos de dados, a empresa explica em um anúncio esta semana.

A Microsoft diz que a partir de hoje, uma licença isenta de royalties sob suas patentes diferenciais de privacidade está disponível para quem quiser usar a plataforma para análise de dados.

Mais especificamente, a plataforma de código-fonte aberto para privacidade diferencial torna possível analisar dados de clientes sem realmente expor a privacidade de um indivíduo. A precisão da análise não é afetada de forma alguma, diz a Microsoft.

Sobre esse aspecto, a empresa de Redmond explica que:

Related Post

“Por meio desses mecanismos, a privacidade diferencial protege as informações de identificação pessoal, impedindo que elas apareçam na análise dos dados. Além disso, mascara a contribuição de um indivíduo, essencialmente impossibilitando inferir qualquer informação específica para uma pessoa em particular, incluindo se o conjunto de dados utilizou a informação desse indivíduo.”

“Como resultado, os resultados dos cálculos de dados, incluindo análises e aprendizado de máquina, não revelam informações privadas dos dados subjacentes, o que abre a porta para os pesquisadores aproveitarem e compartilharem enormes quantidades de dados de uma maneira e escala nunca vistas antes.”

O trabalho no projeto começou há muitos meses, e a Microsoft diz que sua equipe e os pesquisadores de Harvard tentam construir essa plataforma há quase um ano, apenas para garantir que tudo esteja funcionando da maneira pretendida.

A natureza de código aberto da plataforma permite que qualquer pessoa valide a implementação, além de permitir que desenvolvedores e pesquisadores contribuam ainda mais para o seu desenvolvimento, melhorando ainda mais a tecnologia a longo prazo.

Agora, a plataforma de privacidade diferencial e os algoritmos usados ​​para alimentar tudo estão listados no GitHub para teste, criação e suporte.

O que está sendo falado no blog

Veja mais artigos publicados neste dia…
Edivaldo Brito: Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Este site utiliza Cookies para entregar um boa experiência. Você aceita o uso desse recurso?

Leia mais